Rodado em Petrópolis e Araruama, longa está na competição do Festival de Gramado e disputa uma indicação brasileira ao prêmio de melhor filme estrangeiro no Oscar


 "Benzinho", de Gustavo Pizzi ("Riscado"), terá sessão especial em Petrópolis quarta-feira, 29/08, às 19h30 no Sesc Quitandinha. A sessão é gratuita e contará com a presença do diretor.  Estrelado por Karine Teles ("Que Horas Ela Volta?"), Adriana Esteves, Otávio Müller e Konstantinos Sarris, o longa é uma coprodução entre Brasil e Uruguai. A Bubbles Project assina a produção, em coprodução com TvZERO, Mutante Cine, Baleia Filmes, Telecine e Canal Brasil. A Vitrine Filmes é a distribuidora. O longa está na competição do Festival de Gramado. 
Na história, Irene (Karine Teles) mora com o marido Klaus (Otávio Müller) e seus quatro filhos nos arredores do Rio de Janeiro. Entre os empreendimentos sem sucesso do parceiro e os problemas da irmã (Adriana Esteves), Irene se desdobra para ajudar a todos e dar atenção aos filhos. Mas é quando seu primogênito Fernando (Konstantinos Sarris, ator grego em sua estreia nos cinemas) é convidado para jogar handebol na Alemanha, que ela terá que lidar com o maior de seus problemas, a despedida antes do previsto.
"Benzinho" foi rodado em Petrópolis e Araruama, no Estado do Rio de Janeiro, e também traz no elenco o ator uruguaio Cesar Troncoso, vivendo Alan, marido de Sônia (Adriana Esteves) e Vicente Demori como Thiago, filho do casal. Mateus Solano é Paçoca, e faz uma participação especial como o professor de handebol de Fernando. Luan Teles, interpreta Rodrigo, filho do meio de Irene, o ator fez aulas de tuba para o papel; os gêmeos mais novos são vividos por Arthur e Francisco Teles Pizzi, filhos do diretor Gustavo Pizzi e da atriz Karine Teles, que foram casados e se inspiraram nessa experiência pessoal para criar a história do filme. A dupla volta a trabalhar junta depois do premiado longa "Riscado" (2010). 
O longa teve sua estreia mundial na competição do Festival de Sundance e participou da Mostra Voices no Festival de Roterdã. Venceu o prêmio de melhor filme pelo júri e pela crítica do Festival de Málaga e pelo júri do Festival de Cinema Luso-brasileiro de Santa Maria da Feira. Também participou dos festivais de Gotemburgo, São Francisco, Washington DC, Berkshire, Provincetown, Edimburgo, do Festival Internacional do cinema latino de Los Angeles, Festival de Karlovy Vary (República Checa) e Rooftop Films Summer Series.
"Benzinho" foi vendido para França, China, Austrália, Nova Zelândia, República Checa, Portugal, México, Polônia, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Grécia, Espanha, Suíça, Áustria, Bósnia Herzegovina, Croácia, Macedônia, Montenegro, Sérvia e Eslovênia. Estreou no Uruguai em março e no México em julho. 
O projeto foi selecionado pela La Fabrique des Cinemas du Monde, durante o Festival de Cannes de 2013, para o Cinemart, em Roterdã, em 2015, e para o programa Boost NL, em 2017. O filme venceu o Ibermedia, assim como outros programas de incentivo a filmes brasileiros e coproduções internacionais.
Facebook.com/BenzinhoLoveling
Instagram.com/benzinholoveling
#benzinho  #benzinholoveling   #loveling

Sinopse:
Irene (Karine Teles) mora com o marido Klaus (Otávio Müller) e seus quatro filhos. Ela está terminando os estudos enquanto se desdobra para complementar a renda da casa e ajudar a irmã Sônia (Adriana Esteves). Mas quando seu primogênito Fernando (Konstantinos Sarris) é convidado para jogar handebol na Alemanha, ela terá poucos dias para superar a ansiedade e ganhar forças antes de mandar seu filho para o mundo. 


Leia Também