Foi concluído neste fim de semana o IV Concurso de Cafés Especiais do Estado do Rio de Janeiro. O grande vencedor foi o café do Sítio Vai e Volta do produtor Fidélis José de Oliveira Rodolphi de Varre-Sai que levou o primeiro lugar em Café Natural e também o primeiro lugar em café com Cereja Descascado.

 

O vencedor do concurso e a esposa, Alyne Chryslla Rodolphi, ressaltaram o trabalho familiar para chegar a este resultado. “Isso é um sinal que estamos no caminho certo. O resultado é muito satisfatório, ainda mais o fato de ganhar nas duas categorias e ainda ter um outro café nosso que ficou no terceiro lugar. É o resultado de um trabalho coletivo, feito em família, se fosse sozinho não daria certo”, disse Rodolphi.

 

Fidélis falou também do trabalho da Secretaria Estadual de Agricultura no apoio aos produtores do estado do Rio de Janeiro. “Eu sou neto e filho de produtores de café, e eu e minha família resolvemos apostar em continuar essa história. Pra isso nós contamos sempre com a ajuda da Emater-Rio e da Seappa, que nos deram apoio desde o momento de colocar a semente na terra até hoje quando colhemos bons frutos da nossa produção”, concluiu.

 

O concurso é realizado pela Associação dos Cafeicultores do Estado do Rio de Janeiro (ASCARJ), com patrocínio da Emater-Rio e Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento e apoio da Emater-Rio, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Coopercanol, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Sebrae.

 

O secretário de Agricultura do Estado do Rio de Janeiro, Marcelo Queiroz, acredita que este é um momento que vai ficar na história da produção rural do Rio de Janeiro. “É uma honra poder participar deste momento tão marcante para a história do nosso estado ao lado do governador Cláudio Castro. As notas alcançadas pelos cafés no concurso ressaltam o trabalho das nossas vinculadas no desenvolvimento do café do estado do Rio de Janeiro. Um trabalho em equipe para a produção de um café de qualidade que cada vez mais tem ganhado notoriedade no mercado brasileiro. Parabéns para todos produtores pela qualidade apresentada neste IV Concurso de Cafés Especiais do Estado do Rio de Janeiro e à Associação pelo evento”, afirmou.

 

Para o Superintendente e Marketing da Ascarj, Daniel Bastos, o evento mostrou a força do café produzido no estado do Rio de Janeiro. “Foi um sucesso! A cafeicultura Fluminense está de parabéns porque este concurso expôs a qualidade do café do estado do Rio de Janeiro. As notas altas mostraram que investir na qualidade do café dá trabalho mas agrega valor ao trabalho do cafeicultor. Hoje nós podemos dizer que, graças a parceria entre esses órgãos, a gente tem um café de altíssima qualidade no estado do Rio de Janeiro.” disse.

 

O presidente da Emater-Rio, Marcelo Costa, disse que o concurso ressalta o trabalho que vem sendo feito há anos para o desenvolvimento do café carioca. “A Emater-Rio está empenhada para a valorização dos cafés do Rio de Janeiro, trabalhando com capacitação e elaboração de trabalhos técnicos que possam levar ao aumento da qualidade do café. O concurso é um exemplo desse trabalho, envolvendo os principais agentes do setor, resultando no desenvolvimento do Interior do Rio de Janeiro e entregando para o consumidor um produto de muita qualidade”, afirmou.

 

Responsável pelo segmento de cafés especiais, o gerente técnico da Emater-Rio, Gustavo Polido, explicou que a virada na qualidade do café produzido no estado do Rio de Janeiro, tem ligação direta com o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Agricultura do Estado. “O concurso trouxe uma notoriedade para os produtores do estado do Rio de Janeiro, mostrando que nós temos um café de excelente qualidade. E essa mudança da percepção não é uma tendência só do Rio, é em todo o Brasil. E aqui no Rio a gente conseguiu ajudar a mudar a mentalidade e também investir em qualidade. O café vencedor deste concurso, por exemplo, tem uma torrefação própria, que foi adquirida com recursos da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento do estado do Rio de Janeiro”, finalizou.

 

Os lotes de cafés especiais que participaram do IV Concurso de Cafés Especiais do Estado do Rio de Janeiro vão ser leiloados nos próximos dias. A Ascarj vai divulgar a plataforma para inscrição e divulgação do leilão.

 

(Edição: 31/01/2021)

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis