Crédito: AFP/Nelson Almeida



Após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o uso emergencial da CoronaVac e davacina de Oxford/AstraZeneca, a primeira pessoa foi vacinada no Brasil neste domingo (17/1). A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, há oito meses na linha de frente do combate ao coronavírus no Hospital Emílio Ribas, foi a primeira brasileira uma dose da vacina Coronavac em território nacional. 

 

A enfermeira se inscreveu para vagas de contrato por tempo determinado para atuar dentro do Hospital Emílio Ribas, mesmo ciente de que a unidade estaria no epicentro do combate à pandemia. 

 

Mesmo atuando na linha de frente, nem ela, nem o filho Felipe, de 30 anos, que mora com ela, se infectaram com a covid-19.  (Fonte: Maria Eduarda Cardim / Correio Brasiliense)

Edição: 17/01/2021)

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis