O governo municipal fará nesta semana uma homenagem às vítimas da covid-19 na cidade, plantando mudas de árvores para cada morador de Petrópolis que não resistiu à doença. A iniciativa, da Secretaria de Meio Ambiente, contará com o apoio de integrantes do projeto Cílios D'Água, criado por um grupo de petropolitanos para ajudar no reflorestamento de rios e lagos do município. A primeira ação, que vai contar com o apoio do Projeto Água e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), será realizada nesta terça-feira (19/01), às 10h, no Duarte da Silveira, quando serão plantadas 40 mudas de árvore.

 

Um dos primeiros homenageados será Paulo Leite, que faleceu em setembro do ano passado vítima da Covid-19, e que era funcionário da secretaria de Meio Ambiente. Paulo era pai de Cainã Hutter, um dos envolvidos no projeto Cílios D'Água. "Meu pai fazia esse trabalho na beira de rios, e com certeza, serviu de inspiração para todos nós”, pontuou Cainã.

 

“É uma forma de lembrarmos daqueles que não resistiram à covid-19. Fazer isso num momento como este, de chegada das primeiras doses da vacina, tem um simbolismo ainda maior. O momento é de esperança, sim, mas, principalmente, de refletirmos sobre tudo o que a pandemia nos trouxe como lição”, afirmou o prefeito interino Hingo Hammes.

 

A escolha do primeiro bairro foi feita pelos amigos do Cílios D'Água, que serão os responsáveis por cuidar do espaço após o plantio. O projeto foi criado para ajudar na proteção e preservação das beiras de rios e lagos, e por isso, o nome remete à mata ciliar. O grupo abraçou a ideia da homenagem às vítimas da Covid-19.

 

“Queremos que a população faça parte deste projeto, esteja envolvida, para cuidar desses locais. Não é só plantar. Escolhemos o Duarte da Silveira porque somos vizinhos do lugar onde ocorrerá o plantio e vamos fazer essa manutenção. Além disso, abraçamos a ideia da prefeitura, de homenagear as vítimas do coronavírus. "É justo com as famílias e com a cidade”, explicou Luiz Salgueiro, idealizador do projeto.

 

A ideia é ampliar a ação, e por conta disso, o secretário de Meio Ambiente, Edmardo Campbell, convidou o Projeto Água e o Inea para participarem da iniciativa. “É uma ação muito importante para a nossa cidade, que vai ajudar a proteger e preservar os nossos rios. Quanto mais braços para essa ideia, melhor. Queremos ainda que os moradores estejam envolvidos, participando, cuidando dos locais onde ocorrerá o plantio”, disse.

(Edição: 18/01/2021)

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem