Na tarde desta quinta-feira (15) os vereadores Dr. Mauro Peralta (PRTB), Gilda Beatriz (PSD) e Marcelo Lessa (SD) instauraram e iniciaram os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 no município de Petrópolis. A CPI tem por objetivo investigar suspeitas de irregularidades e superfaturamento em compras de insumos e contratação de serviços ligados ao combate da Covid-19 na gestão do governo municipal passado. O período investigado será de 1º de março a 31 de dezembro de 2020.

 

Na ocasião da instalação, ficou acertado o envio de ofícios comunicando o início dos trabalhos da CPI ao Ministério Público, assim como ao Executivo Municipal, solicitando o inteiro teor dos processos relacionados à compra de equipamentos de proteção individual como máscaras, aventais, luvas, toucas, além de material de limpeza e álcool em gel. Também serão pedidas informações sobre a contratação de profissionais para atuação nas barreiras sanitárias e sobre despesas efetuadas para a implantação e o funcionamento das mesmas, tais como aluguel de banheiros químicos e tendas.

 

A CPI também irá solicitar os nomes de todos os contratados em regime de RPA para atuarem nas barreiras, relação de pagamento de alimentação e outros serviços realizados pela prefeitura no ano passado e irá tratar de possíveis irregularidades na aplicação dos repasses de recursos federais destinados ao combate à pandemia em Petrópolis. “Qualquer denúncia sobre esse assunto pode ser feita nos gabinetes dos vereadores membros desta Comissão, lembrando que todas as informações e dados repassados serão tratados com sigilo”, garante Dr. Mauro Peralta.

 

A presidência da CPI fica por conta de Dr. Mauro Peralta, autor do requerimento de criação da Comissão, já a vice-presidência é ocupada pelo vereador Eduardo do Blog (REP) e a relatoria será realizada pela vereadora Gilda Beatriz. Também participam como membros da CPI os vereadores Octavio Sampaio (PSC) e Domingos Protetor (PSC). A Comissão tem duração de 90 dias. (Fonte: Ascom/ CMP)

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem