Dentre 130.430 pessoas estimadas para a vacinação 26% tomaram a 2ª dose

 

Com percentuais de vacinação contra a covid-19 que colocam a cidade à frente das médias do Estado e do país em relação ao total de moradores vacinados, Petrópolis tem resultados ainda melhores quando considerado especificamente o público alvo estabelecido pelo Ministério da Saúde para vacinação na cidade. Dentre 130.430 moradores da cidade que fazem parte dos grupos prioritários elencados no Plano Nacional de Imunização, 60,66% receberam a primeira dose e 26% concluíram o esquema de vacinação, tomando também a segunda dose. Até terça-feira (25/05) equipes do setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde vacinaram 79.121 pessoas com a primeira dose e 33.919 pessoas.

 

O levantamento feito pelo setor de Epidemiologia da Secretaria de Saúde, que aponta o índice de 60,66% do público alvo vacinados com a primeira dose, tem como base a estimativa do Ministério da Saúde que aponta que 130.430 moradores de Petrópolis fazem parte dos grupos prioritários elencados nas quatro fases da campanha de imunização contra a covid-19.

 

Esta semana a Secretaria municipal de Saúde iniciou a vacinação de pessoas com paralisia cerebral acima de 18 anos e pessoas com demais doenças neurológicas (estas estão sendo vacinadas por faixa etária, com aplicação, neste momento, em maiores de 40 anos).

 

A aplicação do imunizante neste público segue a orientação do Ministério da Saúde, que incluiu as doenças neurológicas entre as comorbidades previstas no Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19. Por conta da escassez de primeiras doses, a vacinação de pessoas com comorbidades foi escalonada por faixas etárias, atendendo atualmente às pessoas com mais de 40 anos e com novas ampliações a serem feitas conforme a entrega de novos lotes de vacinas.

 

Petrópolis tinha até terça-feira (25/05) 25,79% dos 306.678 moradores vacinados com a primeira dose e 11,06% de toda população com o esquema de vacinação completo - com a segunda dose. A cidade segue com índices acima das médias nacional e do Estado do Rio de Janeiro.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem