"Ação Germânica Solidária" e "Bauernfest pela Vida" buscam ajudar as pessoas que mais precisam

 

Além da extensa programação cultural, que acontece diariamente no formato online com transmissão pelo facebook; do festival gastronômico que reúne mais de 70 estabelecimentos oferecendo as delícias típicas da culinária germânica em atendimento presencial ou entregas por delivery; e da exposição e venda de artesanato, em quatro pontos distribuídos pela cidade, a 32ª edição da Bauernfest também envolve algumas ações sociais, planejadas em função do evento.

 

Uma delas é a Ação Germânica Solidária, que acontece desde 2017 e é coordenada por Maristela Esch, considerada a primeira dançarina da Bauernfest. Todos os anos, ela promove o recolhimento de doações para instituições diversas. A parceria deste ano é com o Polo de Experiências das Ruas 16 de Março e Alencar Lima, com o apoio da Prefeitura de Petrópolis, através da Secretária de Turismo (Turispetro).

 

A ação tem por objetivo arrecadar material de higiene pessoal, fraldas geriátricas e álcool gel, que serão destinadas à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). As doações podem ser entregues até o dia 4 de julho em seis lojas da rua e na Cervejaria Bohemia, que também receberá as doações. Os pontos de doação você confere no @rua16demarco no Instagram.

 

Maristela Esch é uma das maiores entusiastas da festa. "Ser dançarina folclórica germânica para mim é representar e homenagear minhas origens. Cada vez que coloco meu traje para uma apresentação ou quando caminho com ele pelas ruas da cidade me encho de orgulho. E poder usar isso fazendo o bem pelas pessoas é uma satisfação ainda maior", diz a dançarina, que é sempre abordada pelas pessoas em busca de um foto.

 

Além de coordenar a Ação Germânica Solidária, Maristela sempre dedica um tempo para agradecer os estabelecimentos que prestigiam a Bauernfest, colorindo suas vitrines e fachadas com as cores da Alemanha.

 

Outra ação que procura agregar toda a tradição e história do evento em prol do social, buscando conscientizar as pessoas envolvidas com o evento, de forma direta ou indireta, através da realização de um gesto solidário que é a doação de sangue, é a campanha "Bauernfest pela Vida", uma realização conjunta dos clubes 29 de junho, Instituto Bingen, da Associação dos Grupos Folclóricos de Petrópolis (AGFAP), com o apoio da Federação dos Centros de Cultura Alemã no Brasil (FECCAB).

 

Segundo Marcos Carneiro, diretor cultural da AGFAP, a campanha foi uma ideia conjunta dos clubes que representam a colonização germânica na cidade, em virtude do baixo estoque do banco de sangue neste período pós-pandemia. "Nossa intenção é mobilizar não somente o segmento germânico, mas toda a sociedade petropolitana que de alguma forma se identifica com a festa", destacou, dizendo que cerca de 40 integrantes dos clubes já haviam se comprometido em fazer a doação.

 

As doações podem ser feitas no Banco de Sangue Santa Teresa, que é responsável por atender três hospitais credenciados da cidade e região e realiza 650 transfusões por mês, beneficiando centenas de pessoas. Está localizado na Rua Doutor Paulo Hervê 1.130 no bairro Bingen. O local possui estacionamento conveniado para doadores e gratuito durante o período da doação. Mais informações pelo telefone (24) 2245-2324 ou WhatsApp (24) 99269-4355.

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem