Por Gisele Oliveira - especial Petrópolis em Cena


A formatura da primeira turma do curso de gastronomia do Projeto do Morro foi realizada na última quinta-feira (8), no Trattoria S´a Carola, localizado no Valparaíso, renomado restaurante que serve as delícias da cozinha clássica à la carte, agregando pratos de diversas regiões italianas, em ambiente refinado e intimista.

 

O chef de cozinha do restaurante Trattoria S´a Carola, Paulo Hang, é professor voluntário, responsável pelo curso de Gastronomia do Projeto do Morro, realizado no Alto da Serra. Orgulhoso, ele fala sobre a formação da sua primeira turma, com oito alunos.

 



“Gentilmente, o Marcelo e o Rogério nos cederam o espaço no restaurante TrattoriaS´a Carola para ser feita a entrega do certificado aos alunos. Sempre tive vontade de ensinar gastronomia para pessoas que não têm condições de pagar por um curso. Graças a Deus, conheci o Projeto do Morro. Eu acredito que tendo uma boa base na área gastronômica, qualquer pessoa pode ganhar dinheiro, seja fazendo quentinhas, salgados, pães, doces etc. Então, eu procurei descomplicar as coisas neste curso, com o intuito de possibilitar que os alunos possam fazer em casa, utilizando ingredientes mais em conta, refeições e quitutes que são servidos em restaurantes, com boa qualidade”, explica o Chef de Cozinha, Paulo Hang.

 

O Projeto do Morro é uma iniciativa social, sem fins lucrativos, que depende de doações para oferecer diversas atividades. Todo o dinheiro arrecadado é convertido em material de limpeza, além de custearas despesas de energia elétrica, água e a compra dos materiais necessários para o desenvolvimento dos cursos ofertados.

 



“Atualmente, o Projeto do Morro, idealizado pelo Bruno Gonçalves, dono do imóvel onde são realizadas as atividades, oferece cerca de 18 cursos, entre eles, depilação, alongamento de unhas, judô e gastronomia. O Bruno é uma pessoa que doa o coração pelo projeto, realmente apaixonado pelo que faz. Todos os cursos são gratuitos, apenas é cobrada uma taxa simbólica de R$ 50,00 por pessoa, em alguns cursos, para ajudar a arcar com os custos do próprio curso. Por exemplo, quando a pessoa se inscreve no curso de gastronomia, ela paga os R$50,00. Recebe uma camisa do projeto, que custa R$20 e os outros R$30 fica para ajudar nos gastos que temos durante o processo de ensino”, frisa Paulo Hang.

 

Todos os professores envolvidos nas atividades são voluntários. O Chef Paulo Hang conheceu a iniciativa através das redes sociais, quando recebeu uma mensagem do Bruno em sua página Doces Encantos, local em que o Chef e a esposa buscam por informações de iniciativas que fazem a diferença na vida das pessoas.

 



“Deu certo o curso, graças a Deus. Os alunos aprenderam muito, estou satisfeito com o decorrer das aulas. No Projeto do Morro nós não temos ajuda nenhuma política, apenas de pessoas e de empresários que querem ajudar. Recebemos uma doação para fazer uma cozinha maior, que já está bem adiantada, com espaço para comportar ainda mais alunos. O objetivo dos cursos é realmente oferecer oportunidade de ensino para as pessoas que não têm condições de pagar pelo processo de formação.

 


Contamos com as doações para que os mais carentes tenham essa oportunidade, pois queremos que todos tenham chances de ter um dinheirinho a mais para levar o pão de cada dia para casa e sustentar as suas famílias com dignidade”, finaliza Hang.

 

Se você tem condições de ajudar esse projeto, seja um agente de transformação da sociedade. Entre em contato com o Projeto do Morro, através do perfil no Instagram: www.instagram.com/projetodomorro/, e realize a sua doação. Juntos, podemos transformar a realidade de muitas famílias.




Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem