Cláudia Stadler


Por Gisele Oliveira - especial Petrópolis em Cena


A chegada da pandemia pegou muitas pessoas de surpresa. Vários empresários não tiveram como manter todos os postos de trabalho, pois a necessidade do distanciamento social agravou ainda mais a situação econômica no país.

 

Neste contexto, muitos profissionais em Petrópolis precisaram encontrar outras formas de trabalho para garantir renda e não prejudicar o orçamento familiar, uma vez que os empregos ficaram escassos e os boletos mensais não deram trégua.


“Eu comecei a fazer nhoque para vender neste período de pandemia, pois o meu filho trabalha na área de eventos. Montamos as nossas páginas nas redes sociais e avisamos aos nossos amigos sobre o novo negócio. Graças a Deus, a cada dia a gente ganha mais clientes. Estamos muito felizes com o retorno sempre positivo das pessoas, que compartilham e indicam para amigos e familiares”, explica Cláudia Fernanda Stadler.

 

Tamires Félix com a mãe


Ao perder o emprego, Tamires Felix também precisou se reinventar. A oportunidade de abrir um studio para trabalhar com unhas fez com que ela agarrasse a chance de empreender. Mesmo diante de tantos desafios, atuar com o que mais gosta foi o combustível para que ela tomasse a decisão de investir.

 

“Eu trabalhava em um salão, mas com a pandemia o espaço fechou. Então, precisava encontrar uma forma de continuar ganhando dinheiro para arcar com os meus compromissos. Nesse período, acabei descobrindo que estava grávida e que realmente não poderia trabalhar fora. Então, comecei a atender na minha casa mesmo, sempre tomando todos os cuidados. Esse ano, surgiu a oportunidade de alugar um espaço para montar o meu studio. Eu estava com receio, mas fui incentivada pelo meu esposo e pela minha mãe e decidi empreender. Comprei todo o equipamento no cartão de crédito e consegui abrir o meu tão sonhado espaço. Hoje, meu filho está com 8 meses e eu estou realizada com o meu trabalho. Há dois meses, eu posso agendar meus horários e dar conta de ser profissional e mãe. A minha receita para realizar os meus sonhos é bem simples, coloquei Deus à frente e comecei de onde estava e com o que eu tinha”, destaca a manicure, Tamires Felix.

 

Renan Pimentel 



Ao ficar desempregado, Renan Pimentel, que na época atuava como motorista, percebeu a possibilidade de investir no próprio negócio abrindo um lava-jato. O cenário pandêmico exigia ainda mais cuidado ao sair de casa e muitas pessoas passaram a utilizar com mais frequência os veículos. Então, Renan investiu na compra dos equipamentos necessários e alugou um espaço para começar a prestar os serviços de estética automotiva.

 

“Eu sempre gostei de mexer com carros. Quando fui dispensado do trabalho formal, pensei em começar a lavar carros para não prejudicar o meu orçamento. Ano passado, passei a oferecer outros serviços na área de estética, ampliando para lavagem de motor e estofados. Então, graças a Deus, tem dado certo e estou sempre pensando em investir para melhorar o meu negócio”, comenta. 

 

Shirley Bernardes


Se por um lado a pandemia trouxe instabilidade nos serviços convencionais, por outro abriu portas para quem já pretendia abrir o próprio negócio. Esse foi o caso da Shirley Bernardes. Ela deu início ao Atelier dos Mimos confeccionando algumas máscaras para uso dos familiares. Em menos de uma semana, já estava com alta demanda de pedidos.

 

“O meu telefone não parava de tocar, foi uma loucura. Aos poucos, quando foi diminuindo a demanda, eu resolvi parar com a produção das máscaras e me dedicar ao que realmente tinha vontade de fazer. Meu portfólio foi aumentando, faço necessaires, itens para bebê, incontáveis aventais, toalhas e fraldas, praticamente tudo é personalizado. Minha grande paixão veio depois de inúmeras horas de cursos, dias e dias de pesquisa no mercado e noites de sono perdidas. Enfim, vieram as Bolsas da Linha Maternidade. Investi em uma máquina industrial, material e mais cursos. Agora, estou apresentando essa nova proposta para conquistar mais clientes em toda a região. Aqui, tudo é feito com muita dedicação e carinho. Nossos clientes sempre nos retribuem com um sorriso e uma mensagem fofa. Buscamos fazer o melhor, com muito carinho e capricho sempre”, destaca Shirley Bernardes.

 

Serviço:

Nhoque da Claudinha (@nhoqueclaudinha)
Encomendas pelo WhatsApp: (24) 98805-8614.

Studio Tamires Felix (@studio_tamiresfelix)
Agendamento pelo WhatsApp: (24) 99292-5981.

Lavou tá Novo (lavoutanovo2021)
Agendamento pelo WhatsApp: (24) 99298-9399.


Atelier dos Mimos (@_atelierdosmimos)
Encomendas pelo WhatsApp: (24) 99258-1604.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem