Foto/ PMP


Atendimento é voltado exclusivamente a moradores já atendidos e cadastrados às unidades de Saúde do bairro

 

Com o objetivo de ampliar as frentes para imunização dos petropolitanos contra a covid-19, a Secretaria de Saúde inicia nesta segunda (23/08) um trabalho de busca ativa a pessoas não vacinadas em áreas atendidas por equipes de Estratégia de Saúde da Família. O levantamento será feito de forma escalonada por profissionais de saúde em áreas de 41 unidades existentes em bairros distribuídos nos cinco distritos, entre Postos de Saúde da Família (PSFs) e Unidades Básicas de Saúde (UBSs) com Estratégia de Saúde da Família. O trabalho é voltado para a população já cadastradas e atendida nas unidades.

 

“A vacinação de todos é importante para o controle da pandemia. As equipes dos postos de Saúde já vinham fazendo o levantamento junto a população atendida pelas unidades com chamamento para aplicação de segunda dose, o que contribuiu para o resultado positivo que temos hoje: 98,5% de retorno para a segunda dose. Agora a Secretaria de Saúde irá buscar entre os atendidos nestas unidades, pessoas que ainda não tenham sido vacinadas com a primeira ou que por algum motivo perderam a segunda dose para que as mesmas recebam o imunizante”, destaca o prefeito interino Hingo Hammes.

 

Até sexta-feira (20/08) Petrópolis tinha 185.411 pessoas que receberam a primeira dose, 79.332 vacinadas com a segunda dose e 6.805 que receberam a vacina em dose única. Levantamento feito pela Divisão de Epidemiologia aponta índice de retorno para segunda dose de 98,5%. Isso significa que entre as pessoas cujo prazo para aplicação de segunda dose já venceu, apenas 1,5% não retornaram para concluir o esquema de vacinação.

 

A busca ativa aos não vacinados será realizada entre os dias 23 de agosto e 14 de setembro. Com levantamento de informações e vacinação de pessoas ainda não imunizadas feita de forma escalonada entre os postos – realização em três a quatro unidades por dia. As famílias atendidas pela equipe de Estratégia de Saúde da Família serão informadas sobre a data da ação em sua região.

 

“As equipes da Divisão de Imunização e da Superintendência de Atenção a Saúde fizeram todo um planejamento estabelecendo a data em que cada unidade de saúde fará o levantamento e a imunização das pessoas ainda não vacinadas. Importante destacar que neste momento o trabalho será voltado exclusivamente àqueles moradores que já são cadastrados e atendidos pelas equipes de estratégia de Saúde da Família. Em uma outra etapa a Secretaria de Saúde estenderá o trabalho à pessoas que moram foras das áreas de cobertura dos PSFs”, explica o secretário de Saúde, Aloisio Barbosa da Silva Filho.  

 

“Com isso teremos o registro de toda a população do território vacinada. Além da busca ativa das pessoas que não completaram o esquema (primeira e segunda dose) ou nenhuma dose, as equipes irão enfatizar a suma importância da vacinação”, explica a chefe da Divisão de Imunização, Simone Sisnando Casal.

 

“Os Agentes Comunitários de Saúde são os principais responsáveis pela ação de busca ativa e registro dos não vacinados. Com base nas informações levantadas, as equipes irão verificar qual será a melhor estratégia para vacinar aqueles que ainda não receberam o imunizante. Caso seja necessário as equipes poderão ir ao  domicílio para fazer a vacinação”, completa a superintendente de Atenção à Saúde, Cláudia Respeita.

 

A Secretaria de Saúde frisa, que a vacinação  é fundamental para o controle da pandemia e reforça a orientação para que a população mantenha as medidas para conter a contaminação pela covid-19.

 

“Ainda é muito importante que a população colabore, usando a máscara de forma correta - cobrindo o nariz e a boca - faça a higienização das mãos com água e sabão ou use álcool em gel quando não for possível lavar as mãos, e mantenha o distanciamento social, evitando as aglomerações. As equipes da Secretaria de Saúde estão se dedicando ao máximo para que toda população seja vacinada o quanto antes, mas todos precisam continuar fazendo a sua parte para que possamos vencer esta pandemia ”, frisa o secretário Aloisio Barbosa da Silva Filho.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem