Dr. Luis Eduardo Fontes



Evento é considerado o maior congresso de terapia intensiva da América Latina

 

O XXVI Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva será realizado em novembro deste ano e entre os renomados especialistas nacionais e internacionais que compõem a grade científica do maior evento de Medicina Intensiva da América Latina, está o coordenador de Educação Continuada e Medicina Baseada em Evidências do Hospital Unimed Petrópolis, Dr. Luis Eduardo Fontes.

 

De forma totalmente online, o evento será realizado de 7 a 13 de novembro e conta com uma ampla programação. Para Luis Eduardo, que também é pesquisador, a missão de palestrar neste congresso de grande relevância é motivo de alegria.

 

“Recebi o convite com enorme orgulho. A grandeza dos nomes na grade científica serve para mostrar, por outro lado, o tamanho da responsabilidade. Especialmente pelos temas que me foram propostos, difícil não me sentir reconhecido como uma referência pelos meus pares na Medicina Intensiva nacional”, diz o especialista.

 

O médico intensivista palestrará nos dias 7 e 10 de novembro. Como primeiro tema, ele abordará a necessidade de prevenção ao sangramento digestivo que acomete alguns pacientes graves, por meio da administração diária de medicamentos. A segunda palestra reserva um momento especial: ele apresentará o produto de um projeto que vem desenvolvendo há mais de um ano e que culminou com a confecção de um manual metodológico para a Associação de Medicina Intensiva Brasileira.

 

“Todas as diretrizes com a chancela da AMIB seguirão as recomendações deste manual. Como pesquisador, é um grande orgulho ser o autor deste manual. Vou apresentá-lo à comunidade intensivista neste congresso”, conta.

 

Luis Eduardo Fontes é Professor Titular de Urgência e Emergência da Faculdade de Medicina de Petrópolis, Especialista titulado em Medicina Intensiva pela AMIB, Mestre em Saúde Baseada em Evidências pela Universidade de Oxford – Inglaterra, Doutor e Pós-Doutorado em Saúde Baseada em Evidências pela Unifesp – SP.

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem