O mês de outubro tem sido muito especial para homens e mulheres que estão em tratamento contra o câncer em Petrópolis. Ao longo das semanas, atividades vêm sendo promovidas com o objetivo de trazer mais informação, acolhimento e conforto para quem enfrenta um momento de extrema fragilidade e dificuldade no enfrentamento à doença. Nesta quinta-feira (14), a RadioSerra - Centro Regional de Radioterapia, a Associação Petropolitana de Pacientes Oncológicos (APPO) e o Centro de Terapia Oncológica (CTO), realizaram um dia de beleza para quem tem sido atendido pelas instituições.



Corte de cabelo, escova, amarração de lenços, massoterapia e reiki foram algumas das atividades realizadas no pátio da clínica. As ações contaram com o apoio de voluntários, que fizeram a alegria de quem esteve no local. Para Ilma Satyro que é cabeleireira e há mais de 20 anos doa parte de seu tempo para iniciativas como esta, a sensação é de dever cumprido.



“A gente sabe que a estética simboliza tudo. Ela empodera e traz um estímulo à beleza que é muito importante. Fazer alguém feliz não tem preço. Os sorrisos que a gente recebe e o carinho que vem dessas pessoas, é o que mais me emociona”, conta.



O evento contou ainda com café da manhã, rodas de conversa e sorteio de brindes. De acordo com a psicóloga do Centro de Terapia Oncológica, Cristina Volker, este tipo de programação é uma forma de espalhar a importância da conscientização e também de se informar sobre o câncer.





“Apesar de muitas publicações e informações positivas, a doença ainda é sinônimo de morte. Ações como essa ajudam a saber o que é o diagnóstico precoce, como é possível ter vida após o câncer e inclusive como dá para ficar bem após a doença. Nesse caminho, a integração de equipes e uma humanização desse câncer, nos diz o que é necessário e fundamental para garantir uma vida com mais qualidade”, explicou.



O Radio Oncologista Daniel Przybysz diz que o trabalho tem feito a diferença na vida dos pacientes atendidos no local, que vem se sentindo mais acolhidos e além de poderem tirar dúvidas sobre o câncer, recebem carinho e mais leveza para encarar o tratamento. “Temos percebido que eles se sentem muito bem diante dessa programação e que isso traz benefícios aliado à evolução do tratamento. É uma forma de passar por um turbilhão de emoções de forma mais leve e isso tem feito muita diferença nesse dia a dia”, relata.



A programação acontece todas as quintas-feiras do mês de outubro, sempre das 9h às 15h, na Rua Dr. Sá Earp, 309 – Morin

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem