Concerto com a Big Band Imperial (Foto: divulgação)


Quarta-feira, dia 29, às 20h, o samba aporta na Praça da Liberdade com a apresentação de Pedro Riberto & Dois Num Samba. Já na quinta-feira, 30, no mesmo local e horário, será a vez do Concerto de Natal da Big Band Imperial.


 

Pedro Riberto & Dois Num Samba

Com ótima influência cultural, o cantor, compositor e violonista Pedro Ribeiro transmite com seu estilo único e voz grave marcante, a MPB tendo o samba carioca em destaque, com seu misto repertório tradicional e contemporâneo. São músicas que sofrem influências da Bossa Nova, MPB, Jazz, Choro, Samba e Baião, utilizando uma linguagem moderna, estilo único e tradição, sempre fiel às raízes da nossa boa música.

 

Iniciou suas atividades profissionais com a música em 2002. Participou de várias bandas da cidade e do Duo Terça Maior, de música instrumental, com shows no Sesc, entre outros espaços culturais.

 

Em 2015 montou o Duo Dois Num Samba e já se apresentaram em diversos locais, como o Bar do Zeca Pagodinho. Em 2018 a dupla montou seu primeiro videoclipe da música autoral “Segura na Barra da Saia”. Em 2019 foram indicados ao Prêmio Guerra Peixe de Cultura, em Petrópolis.


 

Concerto de Natal com a Big Band Imperial

A Big Band Imperial é formada por músicos experientes que atuam em diversas formações musicais no Estado do Rio de Janeiro. A Big Band é composta por músicos de formação acadêmica e profissional consolidada e com larga experiência.  Seus componentes atuam como professores, contribuindo para a formação de uma nova geração de músicos. 


A Big Band tem uma formação clássica americana, voltada para o estilo Jazzístico, dando uma nova roupagem a arranjos tradicionais com uma sonoridade marcante e peculiar.


O Show do Acendimento continua diariamente, sempre às 18h, também na Praça da Liberdade

.

“Pela primeira vez alcançamos uma união de forças entre o poder público, o SESC e a empresa patrocinadora Claro, com uma programação cultural orquestrada pela Dellarte. É nossa função contribuir para a democratização e descentralização da cultura, além do apoio aos talentos da nova geração”, destacou Steffen Daueslberg, CEO da Dellarte.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem