Carolina Rodrigues


As áreas de cultivo utilizadas nas plantações que cercam as regiões de Petrópolis podem ter melhores condições de produção através de uma técnica utilizada para o diagnóstico da fertilidade da terra usada no local. A análise de solo consiste em um procedimento que avalia as condições físicas e químicas, acidez e teores nutricionais, para que a adubação seja feita da forma correta, reduzindo prejuízos nas plantações e uma melhor colheita.


Segundo a Engenheira Agrônoma Carolina Rodrigues, o trabalho pode ser desenvolvido em qualquer estação do ano e pode ser solicitado após alguns sinais de alerta.


“Em muitas vezes esse produtor rural percebe que os plantios não vão bem, apresentando rendimentos de safra anterior ou até não vingando determinada espécie que foi cultivada na região. Mas também é possível fazer um trabalho minucioso para conhecer novos solos e verificar que plantios são possíveis fazer nas propriedades”, explica.


A técnica proporciona uma identificação que através de um rigoroso padrão verifica se os níveis de nutrientes no solo estão na faixa aceitável, além de saber se o território é argiloso, arenoso ou siltoso.


“Na primeira etapa fazemos a coleta 20cm abaixo do solo para não ter alteração da cama superficial, contendo amostras de diferentes pontos e montando um composto dos locais específicos. Depois disso tudo é repassado para o laboratório e nessa análise é emitido um relatório de ensaio com os dados. Com base nessas informações, conseguimos traçar um plano que detalha sobre as características peculiares deste solo e recomendações. E por fim, fazemos as devidas correções nas propriedades levando as quantidades específicas do que aquele terreno precisa, como os adubos e calcário”, detalha Carolina.


Os principais pontos observados na análise das amostras são os tamanhos das partículas, como areia e argila, o PH do solo, além da saturação por alumínio e os teores nutricionais de materiais como o cálcio, magnésio, potássio, fósforo e matéria orgânica. Com a quantidade certa de adubação e calcário, o produtor ou morador rural pode aumentar a produtividade dos plantios.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem