Dó Ré Mi se apresenta na Igreja Luterana (Divulgação)

Quem já é fã do grupo que canta, dança e representa, o público que curte o Dó Ré Mi com suas performances em grandes eventos e shows em variados espaços da cidade, poderá curtir um espetáculo diferente da garotada. Nos moldes de um coro tradicional, maestro Leonardo Randolfo vai conduzir um concerto no dia 07 de outubro, às 18h, na Igreja Luterana (rua Ipiranga, 346, Centro), participando do Circuito Imperial de Coros. A entrada é franca.
O repertório está sendo preparado especialmente para este concerto, com música gospel, peças de Villa-Lobos, César Franck e outros compositores, revivendo as origens do Dó Ré Mi.  Alguns sucessos do show Play, de acordo com o formato atual de grupo performático, também estarão na apresentação, permitindo o contraste com uma formação coral mais convencional.
Segundo Randolfo, o concerto será especial: “Vamos cantar um repertório a 3 e 4 vozes, com um formato tradicional de coro que vai permitir mostrar não só a versatilidade, mas também a maturidade musical do trabalho que vem sendo realizado com o Dó Ré Mi”. A apresentação no Circuito Imperial de Coros, que teve início em agosto último, faz parte da programação do Instituto Municipal de Cultura e Esportes da Prefeitura de Petrópolis, do qual vêem participando vários corais de ponta da cidade. 
O Dó Ré Mi é formado por 51 cantores, um jovem time cheio de talento, que já se apresentou com Milton Nascimento, Daniel, Bibi Ferreira, Leila Pinheiro, Danilo Caymmi, Mafalda Minnozzi, Padre Fábio de Melo, Simoninha e outros, ao longo de suas várias fases. Atualmente o show “Play”, que vem arrebatando platéias, é alusivo ao disco, com coreografias, cenário, figurino e interpretações que consolidam a pegada performática do grupo. Com coreografias de Guto Muniz, direção cênica, concepção e roteiro de Arthur Varella, sob a direção geral de Randolfo, são sucessos que vão do pop/rock internacional à música nordestina, medley teen com o hit “Me Namora” –música de trabalho, medley da vitória e os sucessos que exaltam a natureza, deixando a mensagem de fé, esperança e paz.
         
Histórico
O Coral Dó Ré Mi foi fundado por Randolfo com a então diretora da Escola S. Judas Tadeu, Mônica Chung, em 2002, com a formação tradicional e os integrantes somente da instituição. Logo se destacou em programações oficiais do município e eventos diversos, até que o maestro se ausentou em 2007 para se dedicar aos estudos. Em 2012 reeditou o grupo como Coro Modelo do Canta Petrópolis e a partir de 2014 passou a ter uma formação mais completa até que se tornou um coro performático.
A cada ano foram chegando mais profissionais, de maneira a estimular várias competências além do canto, com teatro, dança, expressão corporal. Atualmente o Dó Ré Mi é formado por crianças e jovens de 8 aos 16 anos de idade, de várias escolas de Petrópolis. Chegou ao mercado profissional com seu CD gravado pela Biscoito Fino, fazendo com que o  público de todas as idades se identifique e se divirta. 



Leia Também