“Santos Dumont: mais leve que o ar” já tem data de lançamento na HBO




Com cenas gravadas no Museu Casa de Santos Dumont e em diversas ruas de Petrópolis, a minissérie “Santos Dumont: mais leve que o ar” já tem data para sua estreia: a produção da HBO chega às telinhas no canal no dia 10 de novembro e, em seis episódios, vai mostrar todos os períodos da vida do “Pai da Aviação”. A obra, que contou com o apoio da Prefeitura de Petrópolis, é mais um exemplo de grandes produções que escolhem a Cidade Imperial como cenário e, assim, ajudam a divulgar o município e atrair turistas.
Dirigida por Estevão Ciavatta e Fernando Acquarone, esta é a primeira coprodução de uma minissérie histórica, baseada na vida e na época do pioneiro da aviação brasileira, Alberto Santos Dumont. Em Petrópolis, foram cerca de 130 horas de trabalho em agosto do ano passado, com mais de 90 pessoas envolvidas – chegando até a 110 em alguns dias. Quatro pousadas foram ocupadas pela equipe, que veio com quatro caminhões de equipamentos e um de figurinos. A produção contratou mais de 100 figurantes de Petrópolis para as filmagens.
“A Casa é a grande referência de Santos Dumont no Brasil. Ele colocou toda sua genialidade nessa casa, foi muito importante gravarmos aqui.  E em toda Petrópolis. Estou encantado pela cidade, já tinha passado algumas vezes por aqui, mas nunca ficado assim tantos dias. Fomos muito bem acolhidos. Gravamos cenas aqui como se fosse na França, inclusive interiores. Nem precisamos ir à Paris”, brincou o diretor na época das gravações, que veio a Petrópolis junto com a mulher, a atriz e apresentadora Regina Casé. Ele é sócio da empresa Pindorama, que produz a minissérie junto com a HBO.
Na última semana de setembro, outra produção usou equipamentos de Petrópolis como cenário: a novela Malhação –Toda Forma de Amor. Pontos turísticos de Petrópolis serão mais uma vez evidenciados em uma trama da TV Globo. No dia 27 de setembro, o casal protagonista Felipe e Rita, interpretados por Pedro Novaes e Alanis Guillen, respectivamente, subiram a Serra para a gravação das cenas. Palácio de Cristal, Catedral São Pedro de Alcântara, Praça da Liberdade, e Parque Cremerie foram os locais escolhidos pelo próprio autor da série, Emanuel Jacobina, para um passeio romântico do casal. As cenas devem ir ao ar entre os dias 11 e 14 de outubro.
Mas este não é o único exemplo da escolha de Petrópolis, a TV Globo também já se prepara para as gravações da novela “Nos tempos do Imperador”, que terá como protagonista o ator Selton Mello, interpretando um dos fundadores da Cidade Imperial: D. Pedro II.  A trama vai girar em torno da vida do Imperador por volta de seus 40 anos, começando a partir de 1846. O período é o mesmo da construção de sua casa de veraneio – hoje Museu Imperial -, que teve início em 1845 e foi concluída em 1862. Além disso, a novela “Órfãos da Terra”, contou com gravações no Palácio Quitandinha, que se transformou na luxuosa residência de um poderoso sheik.
Já voltado para as telonas, no primeiro semestre, dois longas foram gravados em Petrópolis: “O Garoto”, com Bruno Gissoni, Thaila Ayala, Carol Castro e Beth Goulart; e “Quem vai ficar com Mário?”, que tem no elenco Daniel Rocha, Letícia Lima, Felipe Abib e Rômulo Neto.
Em “Santos Dumont: mais leve que o ar”, o ator João Pedro Zappa interpreta o inventor em sua fase adulta. E o ator Gilberto Gawronski revive o pai da aviação mais velho, no período que construiu a “Encantada” em Petrópolis.





Leia Também