Pesquisadores do LNCC em Petrópolis
Foto: LNCC 

Pesquisadores do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), sequenciaram em tempo recorde (48 h) os primeiros 19 genomas do COVID-19 de pacientes dos Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Rio Grande do Sul e São Paulo, ampliando a cobertura nacional da vigilância genômica viral.

Esta iniciativa, que ocorreu no final de semana de 21 de março, contou com a parceria de pesquisadores da USP (CADDE) e da universidade de Oxford na Inglaterra, além de alunos de pós graduação do nosso país. As amostras foram coletadas de pacientes atendidos pela UFRJ, e laboratórios Hermes Pardini e Símile de Belo Horizonte.

De acordo com a publicação do LNCC, esse foi o primeiro sequenciamento do Sars-Cov-2 feito na instituição.

Leia também:








Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis