A meditação, no senso comum, é compreendida equivocadamente como um estado muito passivo. Ao contrário do que se pensa, o relaxamento e o foco mental estão interligados diretamente com ao estado meditativo. Se quisermos garantir total integração do poder da atenção plena em nossa vida, devemos combiná-la com pequenos momentos de meditação em diversos momentos do dia. Como aplicar, de forma prática, o mindfulness na correria no cotidiano?

 

Com prática de ministrar aulas de meditação em hospitais, clínicas de reabilitação e prisões, além de empresas globais de tecnologia (como Google, LinkedIn, Siemens, Deutsche Bank, HSBC, Lloyds Bank e Clifford Chance), Gelong Thubten, reuniu em Lições de um monge para viver no século 21 (Buzz Editora) as principais lições do método "micromomentos mindfulness" para quem deseja encontrar a tranquilidade na correria cotidiana.

 

Em sua obra, Thubten relata que um dia estava de pé no metrô lotado de Londres e se questionou sobre a possibilidade de meditar no local, apesar das adversidades.

 

"Comecei a focar na sensação do chão sob meus pés e no balanço do trem. Pratiquei diversos desses momentos durante a viagem e, como resultado, saí do metrô me sentindo dez anos mais jovem. Compreendi que estar feliz é sentir-se completamente no presente, sem a necessidade de se ater ao passado ou remoer pensamentos sobre o futuro; é estar bem aqui, neste instante, sentindo-se pleno", revela.

 

Além de escritor, Gelong Thubten é um monge budista, professor de meditação. Estudou na Universidade de Oxford e trabalhou como ator em Londres e Nova York. E, aos 21 anos, Thubten entrou para o Monastério Budista Tibetano Kagyu Samye Ling, na Escócia, onde se ordenou monge.

 

Com mais de 20 anos de experiência, Thubten tem despertado o interesse de meditantes em todo mundo. Entre seus célebres alunos de meditação está o ator britânico Benedict Timothy Carlton Cumberbatch, mais conhecido pelos seus papéis como Sherlock Holmes e como Stephen Strange/Doutor Estranho no Universo Marvel.

 

A força de Lições de um monge para viver no século 21 está no relato minucioso e didático de um monge que se dedicou intensamente à prática da meditação e, generosamente, aplicou aulas de meditação em diversos ambientes de trabalho caracterizados por alto nível de stress, tornando-se um dos pioneiros no mundo no ensino de mindfulness.

 

Uma leitura capaz de revolucionar a relação entre pensamentos e emoções, e, ainda, ensinar ao leitor o caminho para criação de uma vida de contentamento real e possível.

 



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis