Dr. Daniel Falcone

Entre as inúmeras promessas que fizemos a nós mesmos para este novo ano de 2021, uma é comum para muita gente: ter uma vida mais saudável e, principalmente, emagrecer! Mas depois de tanto exagero com as festas de dezembro e o período de férias, é comum ficar perdido, sem saber por onde começar a “catar” aquele balde que você chutou pra longe. Para o médico Daniel Falcone, especializado em nutrologia, essa não é uma missão impossível. Reconhecer que a vida é feita de ciclos e que um novo começo pode trazer com ele novos hábitos é o primeiro passo neste início de ano.

                                    

“Como todo ciclo, o final é sucedido de um novo começo. É fato que no fim do ano todos exageram. Isso é justo, como forma de recompensa e como forma de celebração. Agora, após o fim do ano, vem o início de um novo e é também justo buscar a correção, não há mal nenhum nisso. É importante ter maturidade para cometer os exageros e voltar à uma vida mais regrada”, destaca Falcone, que atende em Petrópolis e em Niterói.

 

Para quem, como boa parte da população, exagerou com todas as delícias desse período, dicas simples para este novo ciclo podem fazer toda a diferença, como consumir muita água e voltar à atividade física regular. “Não adianta compensações radicais, como ficar sem comer ou investir em dietas muito restritivas. O importante é voltar à rotina saudável. Neste momento, é fundamental não esquecer os alimentos com potássio e fibras, como banana, água de coco, vegetais, oleaginosas”, explica o médico.

 

Ainda segundo Daniel Falcone, a maturidade é adquirida através da educação alimentar. E ser educado nas escolhas.  “Educação é um processo de curto, médio e longo prazo. No curto são medidas que precisam surtir efeito no agora. No médio é manter o curso mesmo diante das dificuldades e tentações. E no longo prazo é experimentar o efeito de um período longo de investimento em saúde e qualidade de vida. Um profissional da área pode ajudar a tornar esse caminho mais fácil. Por não saber por onde começar, muita gente investe em dietas mirabolantes e restritivas e acaba se frustrando”, completa.

 

Sobre Daniel Falcone

Daniel Falcone é médico graduado na Faculdade de Medicina de Petrópolis, fez parte do Corpo docente da Faculdade de Medicina de Petrópolis, sendo professor por 10 anos, e é Pós Graduado em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia. 

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis