Prefeito Hingo Hammes entre os primeiros moradores vacinados


Petrópolis recebeu nesta terça-feira (19) as primeiras 4.905 doses da vacina contra o coronavírus. O imunizante chegou à cidade perto das 15h30, em um helicóptero da Polícia Militar, que pousou no Petropolitano Football Club, no Valparaíso. As caixas com as vacinas foram entregues pelos tripulantes diretamente ao prefeito interino Hingo Hammes e ao secretário municipal de Saúde, Aloisio Barbosa da Silva Filho. Uma hora depois, no Trono de Fátima, os dois primeiros moradores de Petrópolis foram imunizados: a auxiliar de enfermagem do Hospital Municipal Nelson Sá Earp (HMNSE), Maria de Fátima dos Passos, e o aposentado Mario Cezar Wendling Nobis, residente no Lar Nossa Senhora Aparecida.

 

“Hoje é um dia histórico. Estou feliz por presenciar tudo isso. Esperávamos esta vacina há muito tempo, e agora ela está aqui. O imunizante chega trazendo esperança de salvarmos vidas e vencermos o coronavírus”, declarou, emocionado o prefeito interino Hingo Hammes, ao lado da equipe de epidemiologia do município.

  

Assim que chegaram, as doses entregues pelo Governo do Estado seguiram com escolta policial para serem armazenadas em câmaras frigorífica com temperatura entre 2° até 8° graus, obedecendo os critérios do fabricante. Em seguida, os dois primeiros moradores de Petrópolis foram vacinados no Trono de Fátima. O aposentado Mario Cezar, de 76 anos, que foi o primeiro a ser vacinado, lembrou da importância do engajamento de todos: “Este ato simbólico é muito importante para incentivar as pessoas a se protegerem e seguirem as normas. As pessoas precisam se engajar porque é a vida de todo mundo que está em jogo”.   

 

A auxiliar de enfermagem Maria de Fátima, que tem 57 anos e atua há 14 anos no HMNSE, foi a segunda a ser vacinada na cidade.  “Estou muito emocionada. Agradeço a Deus e a Nossa Senhora de Fátima. É uma honra ter participado deste momento. A luta foi grande e vai continuar. A chegada da vacina é uma esperança, mas é preciso continuar tendo cuidado”, disse.

 

Esta primeira remessa enviada a Petrópolis vai garantir, conforme recomendação do Ministério da Saúde, a imunização dos profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus, idosos com mais de 60 anos residentes em instituições de longa permanência e deficientes maiores de 18 anos que vivem em residências inclusivas.

 

O secretário de Saúde, Aloisio Barbosa, explicou que nesta etapa, a vacinação será volante: “Tendo em vista o número limitado de doses recebidas, estamos seguindo as orientações do Ministério da Saúde e priorizando os profissionais que estão nas UTIs e nas urgências e emergências de unidades públicas e privadas”, esclareceu, ressaltando que é fundamental que as pessoas continuem tomando todos os cuidados para evitar a contaminação. O trabalho nas unidades de saúde e instituições será iniciado na manhã desta quarta-feira. 

(edição: 19/01/2021)


Prefeito interino Hingo Hammes com o secretário de Saúde Aloisio Barbosa Filho


Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem