A Camerata do Projeto Ação Social pela Música do Brasil surge em Petrópolis com o objetivo de mostrar que jovens também podem executar boa música. Liderados pelo violista Gabriel Veloso, o conjunto tem por intuito levar cultura e emoção para as mais variadas plateias, tanto no cenário atual como no internacional.


“No momento, por conta da pandemia, os ensaios estão sendo feitos na Igreja Luterana de Petrópolis, com distanciamento, mantendo todos os protocolos de segurança”, explica Gabriel Veloso.

 

O trabalho realizado pela Camerata Petrópolis pode ser conferido por meio de um perfil no  Instagram @cameratapetropolis

 

Sobre o Projeto Ação Social pela Música do Brasil

 

Fundada em 1994, a Ação Social pela Música do Brasil – ASMB é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que, em sua vertente socioeducativa, visa à inclusão social e à formação da cidadania através da música clássica para crianças, adolescentes e jovens residentes em comunidades socioeconomicamente desfavorecidas e em situação de vulnerabilidade social.

 

Ao aprimorarem seus estudos nas aulas oferecidas pelo projeto, os alunos sentem a necessidade de alçar voos maiores, procurando trabalhar um repertório mais rebuscado e refinado.  A Camerata do Projeto é composta hoje por jovens que sentiram necessidade de fazer um grupo menor para se aprimorar na música de câmara, tendo, como produto final, apresentações em lugares como o Teatro Santa Cecília, Universidade Católica de Petrópolis, Casa Cláudio de Souza, Teatro D. Pedro, Alerj, dentre outros.

 

No mês de outubro de 2018, a Camerata participou do XVIII Encuentro Internacional de Orquestas  Juveniles na cidade de Buenos Aires, na Argentina. Ali, os meninos puderam ter uma experiência única de conhecimento e aprimoramento técnico de seus respectivos instrumentos.

 

Em Petrópolis, o referido projeto foi implantado no ano de 2011 e é patrocinado pela GE- Celma, uma grande empresa cidadã. Atendemos atualmente a 280 crianças em seus dois núcleos – na Mosela e no Vale do Cuiabá.

 

Integrantes Camerata Petrópolis:

Marcos Vinicius Carvalho Ramos Dias - Violinista (Spalla) e auxiliar de liderança.

Romulo Felipe Dalia Santos - Violinista e Arquivista

Gustavo Maurício Dutra de Oliveira- Violinista

Gabriel Veloso de Souza - Violista e Diretor Geral

Yasmim Tamires de Araújo - Violista

Angélica Thomaz Gomes - Violista

Stephanie Custódio Garcia Alves - Violoncelista

Brenda de Souza Leite - Violoncelista

Arthur de Sousa Fernandes - Contrabaixista - Diretor de Mídia e Áudio

Matheus Lourenço Klippel Machado - Contrabaixista

Guilherme Matheus Portella Abreu- flautista e auxiliar de liderança

Gabriel Rosa Moreira - Flautista e percussionista

Professores que contribuem com o conjunto:

Fernando Bru - Violoncelista da OSB

Thiago Tavares - Doutorado em órgão pela UFRJ

  

(Edição: 03/03/2021)

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis