Uma força tarefa do governo municipal, em parceria com o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), está fiscalizando áreas de cachoeiras de Petrópolis nesta sexta-feira (26/03). No município está proibida a visitação a essas áreas. A determinação vale até o domingo de Páscoa (04/04), com o objetivo de evitar aglomerações. A medida foi publicada junto com outras medidas de restrição no Diário Oficial de ontem.

 

A Prefeitura tenta, com as medidas, desestimular a migração de pessoas de fora para a cidade, buscando impedir o aumento da circulação dentro do município e reduzir a taxa de contágio.

 

“É importante que os moradores cumpram as determinações e mantenham o distanciamento social, evitem aglomerações e usem máscaras. As medidas restritivas não são desejadas, mas são necessárias. É preciso deixar claro que, se não houver adesão da população, se não conseguirmos reduzir a circulação de pessoas, podemos adotar medidas ainda mais duras”, disse o prefeito interino Hingo Hammes, agradecendo a participação de toda a equipe da Prefeitura, que se mobilizou para ajudar na fiscalização neste momento. 

 

“As cachoeiras são muito procuradas nos fins de semana. Será necessário o apoio da população e o entendimento de que o momento é de muita preocupação”, ressalta o secretário de Meio Ambiente, Edmardo Campbell, garantindo que as equipes de fiscalização atuarão, junto com Companhia de Trânsito e Transportes (CPTrans), para evitar que o público frequente estes espaços.

 


Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem