No momento em que o país vive a maior crise sanitária de sua história, em razão do coronavírus, os bancos de sangue de todo o país estão sofrendo com a falta de doadores.

A situação se agravou nas últimas semanas no Banco de Sangue Santa Teresa, com a fase vermelha da pandemia, registrando uma queda considerável no volume das doações. Atualmente, os estoques sanguíneos da instituição enfrentam um déficit de 45%, podendo se acentuar ainda mais nos próximos dias e chegar a 60%.

 

"É preciso que as pessoas se lembrem o tempo todo que a doação de sangue é essencial à vida de inúmeros pacientes internados nos hospitais, inclusive dos que estão em tratamento pela Covid-19", diz Vinícius Pereira, captador do Banco de Sangue Santa Teresa.

 

O ato da doação de sangue não oferece riscos de contaminação pelo coronavírus, informa o líder de captação. "As estruturas dos locais de doação estão adequadas e preparadas para receber os doadores. As precauções de contágio devem ser mantidas, mas o ato solidário não pode parar. Uma única doação salva até quatro vidas", ressalta Vinícius.

 

Para regularizar os estoques e evitar atrasos ou impactos nos atendimentos, são necessárias 100 doações diárias. Com os casos de Covid-19, a situação faz as doações se tornarem ainda mais urgentes.

 

Vale ressaltar que o Banco deSangue Santa Teresa segue rigorosamente todos os protocolos contra a Covid-19 e mantém boas práticas preventivas para o enfrentamento ao coronavírus.

Recentemente, a instituição mudou de endereço e passou a atender na Rua Doutor Paulo Hervê, 1130, no bairro Bingen, ao lado do Banco Bradesco, a apenas 10 minutos antigo endereço, com uma estrutura bem mais ampla, em um ambiente extra hospitalar, exclusivo para doadores. Atende diariamente, das 7h às 18h, incluindo finais de semana e feriados.

 

O Banco de Sangue Santa Teresa, em Petrópolis, está oferecendo transporte gratuito aos seus doadores, até 20 de março. O veículo itinerante sai às segundas, quintas e sábados, às 8h, 10h, 12h30 e 15h, do Terminal Rodoviário Imperatriz Leopoldina, da antiga Rodoviária, em frente à Igreja do Rosário, no centro da cidade.

 

(Edição: 11/03/2021)

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis