Aderindo a campanha do Ministério da Saúde, cooperativa imuniza seus profissionais anualmente

 

Nesse mês de abril foi lançada oficialmente a campanha nacional de vacinação contra a gripe pelo Ministério da Saúde. Por isso, a Unimed Petrópolis em parceria com o setor de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde, vacinou os colaboradores de todas as unidades da cooperativa.

 

Foram priorizados os profissionais assistenciais do Hospital Unimed Petrópolis como médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, e logo após, os colaboradores das sedes administrativas, seguindo um cronograma elaborado pelo Setor de Medicina Ocupacional da cooperativa. Ao todo, 552 profissionais foram imunizados entre os dias 26 e 30 de abril.

 

Pessoas com sintomas ou suspeita de infecção por Coronavírus devem adiar a vacinação contra a influenza. Além disso, deve-se respeitar o intervalo mínimo de 14 dias para àqueles que tomaram a 2ª dose da vacina contra a Covid-19 antes de se imunizar contra a gripe, já que ainda não existem estudos da aplicação conjunta das duas vacinas. Mas a recomendação do Ministério da Saúde é que se priorize a vacinação contra o Coronavírus se houver essa possibilidade.

 

O vírus da gripe

 

A gripe é uma doença infecciosa caracterizada por provocar complicações respiratórias graves, pneumonias e resfriados majoritariamente em pessoas imunodeprimidas, grávidas, crianças e idosos.

 

A imunização contra a gripe diminui as chances de quadros graves da doença em que há a necessidade de cuidados intensivos, já que os hospitais se encontram com a alta demanda de internação de pacientes com Covid-19.

 

O pneumologista da Unimed Petrópolis, Dalmo Jacy Monteiro, compara os dois vírus e reforça que a vacinação contra gripe é muito importante nesse cenário de pandemia que vivemos.

 

“H1N1 é o vírus da Influenza que sofreu mutação causando uma epidemia severa há anos atrás com alta mortalidade. São vírus diferentes, acometendo ambos o aparelho respiratório com intensidade menor devido a vacinação anual contra gripe. Como são vírus diferentes, também as vacinas são diferentes, imunizando eficazmente principalmente grupos de risco e, no caso da gripe, reduziu enormemente as complicações e pneumonias no grupo de risco e na população em geral. A melhor maneira de nos protegermos contra doenças infecciosas, principalmente respiratórias, são as vacinas” explica.

 

As medidas de higiene e segurança são altamente eficazes para a prevenção dos dois vírus e devem ser reforçadas neste período do ano em que são mais incidentes os casos de gripe. Por isso, além da vacinação, devemos lavar as mãos com frequência, fazer o uso de álcool em gel e manter o distanciamento social para diminuirmos a propagação da doença.

 




 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem