Número equivale a acolhimentos presenciais de realizados em um mês

 

O Centro de Referência em Atendimento à Mulher (CRAM) em Petrópolis está oferecendo mais um canal para o acolhimento de mulheres vítimas de violência doméstica. Agora, o primeiro contato pode ser feito por telefone, pelos aplicativos de mensagens ou ligações.

 

A modalidade havia sido implantada para funcionar apenas durante o período das medidas mais restritivas decretadas por conta da pandemia, mas os resultados mostraram a necessidade de torna-la permanente. Isso porque, em apenas dez dias, foram iniciados 60 atendimentos.

 

“Já havíamos percebido que muitas mulheres tinham vergonha de buscar atendimento presencial tanto no Ônibus Lilás, que levamos nas comunidades, quanto na nossa própria sede, no Centro. Nesse período fizemos a mesma quantidade de atendimentos referente a um mês inteiro, ou seja, demonstrou que elas se sentiram mais à vontade para pedir ajuda”, disse a coordenadora do CRAM Ana Luiza Franco. Antes, o número funcionava apenas para contatos de emergências.

 

O CRAM fica na Rua Santos Dumont, 100, anexo ao Centro de Saúde. Os atendimentos presenciais acontecem de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h. Já o número do celular é o (24) 98839-7387, que funciona 24 horas.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem