Mais de 5,6 mil notificações relacionados a circulação de veículos irregulares foram emitidas em cerca de 50 operações realizadas em Petrópolis pela CPTrans, em conjunto com o Detran, Detro, Polícias Civil e Militar e Guarda Civil. As ações aconteceram entre os meses de janeiro e abril. Pelo menos 25% das infrações são referentes a motos que estavam em desacordo com a legislação.

 

De acordo com Luciano Moreira, presidente da CPTrans, o foco das ações é verificar, principalmente, a circulação de motos irregulares. Os agentes verificaram diferentes tipos de infrações, como por exemplo, alteração de características veiculares, falta de placas de identificação e motos com escapamento barulhento. “O objetivo é garantir o ordenamento do trânsito”, frisa o presidente da companhia.

 

No período, foram realizadas abordagens em todo o município, entre o primeiro e o quinto distrito. As últimas aconteceram em Pedro do Rio, Posse e Nogueira. Na tarde desta segunda-feira, foram desencadeadas na Rua Paulo Barbosa e Avenida Barão do Rio Branco.

 

Além das infrações cometidas por motociclistas, foram flagradas outras situações como transporte irregular de passageiros, condutor sem cinto de segurança e crianças sendo transportadas no banco da frente.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem