Durante 4 dias a Cidade Imperial receberá agências de viagens especializadas em turismo receptivo

 

Com 2 milhões de visitantes por ano, marca alcançada em 2019, Petrópolis quer voltar a ter o movimento que corresponde a R$ 760 milhões na economia, cerca de 6% do PIB anual.  Recuperar o patamar de crescimento de antes da pandemia é o desafio para a cidade. Para alavancar a ocupação e o fluxo turístico, Petrópolis vai receber a primeira edição do interior do estado do Procap – programa de capacitação da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio (ABIH-RJ).  A edição de quatro dias na Cidade Imperial acontece de 26 a 30 de maio. Ao longo do programa, os participantes assistirão a palestras e realizarão visitas técnicas aos equipamentos turísticos da cidade. O primeiro encontro será no Palácio Quitandinha, um dos principais espaços históricos que a região abriga.

 

A Cidade Imperial é a única brasileira a aparecer no ranking dos 25 Destinos Promissores de 2021 da TripAdvisor, um dos maiores sites de turismo do mundo e é reconhecida pela Embratur como uma das 65 cidades indutoras do turismo no país.  Para o presidente do Petrópolis Convention & Visitors Bureau, Fabiano Barros, a ação é a primeira, na prática, que acontece com a meta de realizar as previsões que colocam a cidade como um dos principais destinos do país.

 

“É uma dinâmica que a cidade recebe de braços abertos e vai estar com o trade turístico unido para aproveitar a oportunidade. É importante que os agentes de viagens e operadores conheçam in loco a infraestrutura da cidade e seus atrativos. Isso é um grande diferencial na hora de apresentar um destino turístico e Petrópolis fica ainda mais encantadora ao vivo e a cores”, aponta Fabiano Barros, presidente do Petrópolis Convention & Visitors Bureau.

 

O projeto tem como objetivo promover a capacitação, atualização, promoção e venda do destino Petrópolis junto aos operadores do receptivo, para que possam divulgar a região e seus atrativos turísticos junto às agências de viagens. Até o momento, grandes agências de receptivo nacional e internacional da capital já se inscreveram para participar do projeto.

“A expectativa da ABIH-RJ com a ação é impulsionar o incremento turístico em Petrópolis por meio de ferramentas para potencializar a comercialização do destino, tanto nacional quanto internacionalmente, tão logo sejam retomadas as viagens”, ressalta o presidente Paulo Michel.

 

A abertura do Procap em Petrópolis será no dia 26 de maio, às 16h, no Palácio Quitandinha e os demais encontros realizados em locais estrategicamente selecionados de modo a compor um roteiro turístico. Nos eventos previstos, os convidados visitarão os principais atrativos da região - muitos desconhecidos pelos próprios petropolitanos. A programação incluirá atrações culturais, naturais, comerciais e gastronômicas.

 

Além dos anfitriões Paulo Michel, presidente da ABIH-RJ, e Antonio Florencio de Queiroz Junior, presidente da Fecomércio RJ, o evento de abertura contará com a presença de autoridades e parceiros como o secretário de Turismo do Estado, Gustavo Tutuca; o presidente da TurisRio, Sérgio Ricardo de Almeida; o subsecretário de Grandes Eventos, Marcelo Alves Monfort; o prefeito interino de Petrópolis, Hingo Hammes; e o presidente do Sicomércio Petrópolis, Marcelo Fiorini.




Segurança sanitária é um dos diferenciais de Petrópolis

Petrópolis inicia o Procap – que seguirá pelo interior do Estado – porque o trade turístico, organizado, se preparou para o período de isolamento social seguindo rígidas normas de segurança sanitária. Distanciamento, lotação reduzida, equipamentos para os funcionários entre outros itens fizeram a cidade figurar ao lado de outros 22 destinos no Brasil recomendados no Guia Viagem em Família do Ministério do Turismo.

 

A Secretaria de Turismo crê que Petrópolis poderá avançar na retomada em função de um trabalho que vem sendo feito há meses pelo trade turístico e a parcela que coube ao poder público, como o controle das barreiras sanitárias.  “Petrópolis é uma cidade segura em relação à violência e agora também é segura sanitariamente com o setor bem consciente do cumprimento de medidas regulatórias”, afirma Samir El Ghaoui à frente da TurisPetro.

 

 A articulação para que Petrópolis sediasse o primeiro Procap do interior do estado começou ainda no início do ano. “Fizemos reuniões antes de a ABIH-RJ bater o martelo e começar por Petrópolis a interiorização desse programa. Foi uma ação conjunta, uma união de esforços, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, TurisPetro, PC&VB e Sicomércio junto à entidade para que a Cidade Imperial recebesse a primeira edição e hoje estamos felizes de ver concretizada essa ação que será um sucesso para alavancar o turismo pós-pandemia”, completa Fabiano Barros.

 

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares, além da função em si do programa, institucionalmente será importante para Petrópolis receber o Procap. “O turismo de negócios é um viés que queremos explorar bastante também além de todo o potencial tradicional de compras, gastronomia e histórico-cultural”, afirma.

 

Conselheiro da ABIH-RJ em Petrópolis, Guilherme Lacombe vai mais além: “é uma das primeiras ações, práticas, para alavancar o turismo em meio a esta ‘parada’ que o mundo deu em função da pandemia. Petrópolis tem o diferencial de ser a cidade mais segura do estado e também é uma das mais seguras na questão sanitária e deve aproveitar mais este atrativo”.

 

O Procap, criado em 2015, integra a estratégia da ABIH-RJ de promover ações para alavancar a ocupação e o fluxo turístico nos principais destinos turísticos do Estado do Rio de Janeiro. A iniciativa nasceu na capital, no período pré-olímpico, e agora passa a ser estendida à região Serrana.

 

O programa tem como parceiros no município de Petrópolis a FECOMÉRCIO e a 1001, e como apoiadores a SETUR-RJ, TURISRIO, Prefeitura de Petrópolis, SINDPETRÓPOLIS, PC&VB e SICOMÉRCIO.

 

 


Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem