Marcia amamentando


Importância da amamentação é reforçada neste mês

 

“Eu só pensei na possibilidade de doar leite materno após vivenciar a importância deste ato na pele. A sensação de ajudar é a melhor possível, é um ato tão sublime e de essencial importância”, relata Marcia de Souza Gomes (foto), mamãe do pequeno Lyan, de apenas sete meses.

 

Após o nascimento de seu filho no Hospital Unimed Petrópolis, a petropolitana precisou de doação de leite e foi nesse momento que compreendeu a importância desse gesto de amor. Depois da alta, quando Marcia viu a quantidade de leite que era capaz de produzir, não pensou duas vezes para proporcionar esperança para outras mamães também, tornando-se doadora do Banco de Leite do hospital.

 

Rico em gordura, proteínas e carboidratos, o leite materno ajuda no crescimento e desenvolvimento dos bebês, sendo considerado alimento de ouro pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A importância disso é reforçada neste mês, que é dedicado à promoção do aleitamento materno através da campanha “Agosto Dourado”.

 

Em média, 60 recém-nascidos são beneficiados mensalmente pelo Banco de Leite do Hospital Unimed Petrópolis. Para manter o estoque da unidade seguro, são necessários de 30 a 40 litros por mês e, além da Marcia, a unidade conta com outras doadoras que ajudam a promover uma alimentação mais saudável para inúmeros bebês. Apenas um litro de leite materno pode alimentar até 10 recém nascidos por dia.

 

Jocassa amamentando Théo



Jocassa Alfredo é mamãe do Théo, de três meses, e tornou-se doadora do Banco de Leite em junho deste ano.

 

“Comecei a produzir leite além da conta para meu bebê e pesquisei sobre bancos de leite na cidade, fazendo contato para saber mais informações. Minha experiência com toda a equipe está sendo maravilhosa, desde o primeiro contato telefônico até hoje, nas coletas. Elas (profissionais do banco de leite) são munidas de informações, apoio e principalmente carinho, que são extremamente importantes numa fase tão desafiante e linda que é a maternidade”, conta Jocassa.

 

A mãe da Luíza, de dois meses, também é doadora e relata que o sentimento é de gratidão por ajudar outras pessoas. “Estou salvando alguém mesmo sem saber quem é e sem conhecer. Gratidão a Deus”, diz Jéssica dos Santos.

 


Sobre o Banco de Leite do Hospital Unimed Petrópolis

 

Na Região Serrana, o Hospital Unimed Petrópolis é a única unidade particular que possui um Banco de Leite próprio e credenciado pelo Ministério da Saúde. Em funcionamento desde 2002, o espaço também oferece orientação para as mamães, como explica a coordenadora Glaucimar Campos Papa.

 

"Para realizar a doação ou orientação sobre a amamentação é só entrar em contato pelo telefone (24) 2291-9846 de segunda à sexta-feira, de 8h às 17h. O trabalho de orientação sobre a amamentação e sobre doação do leite materno é extensivo a todas as mães da rede pública ou outros planos de saúde que precisem de nossa ajuda”, enfatiza.

 

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem