Diante das necessidades apontadas pelas pessoas que vivem no Vale do Carangola, identificadas durante o processo de diálogo entre alunas/alunos, professoras/professores do Centro Universitário Arthur Sá Earp Neto/Faculdade de Medicina de Petrópolis (UNIFASE/FMP) e moradoras/moradores, no último sábado (16), a instituição de ensino e as lideranças do bairro, em parceria com a Unidade de Saúde da Família, o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), a Escola Municipal Lúcia de Almeida Braga e a Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO), promoveram uma importante atividade de atenção à Saúde da Mulher.

 

"Estamos muito felizes com o resultado das ações realizadas através do Projeto de Extensão Universitária do Vale do Carangola. Nossa história com a comunidade começou em 2016 e, desde então, nos encontros que temos com moradoras e moradores, vamos conversando e vão surgindo sugestões de ações e necessidades. Essas ações são implementadas junto com a comunidade e tem como objetivo minimizar a situação de injustiça social e de vulnerabilidade que se encontram. Dessa vez, aproveitamos o mês de outubro para reforçar as questões relativas ao cuidado e atenção à saúde da mulher", explica Ricardo Tammela, coordenador de Projetos e Extensão da UNIFASE e Coordenador do Projeto de Extensão Vale do Carangola.



Em função da pandemia, a ação de sábado foi realizada com atendimentos previamente agendados. No total, 58 mulheres foram atendidas pelas equipes, com 44 coletas de preventivo, 32 solicitações e agendamento de mamografias, que serão realizadas no Hospital de Ensino Alcides Carneiro, 29 testes de IST's, que incluem exames para detecção de HIV e Sífilis. Além disso, 39 adolescentes foram vacinadas contra o HPV.

 

"A iniciativa envolveu os alunos do curso de Medicina, através da disciplina de Ginecologia e Obstetrícia, do curso de Enfermagem, com a disciplina Saúde da Mulher, e das turmas dos Programas de Residência em Ginecologia e Obstetrícia, Multiprofissional em Atenção Básica e de Saúde da Família e Comunidade. O feedback foi muito positivo, pois a comunidade realmente se envolveu com a ação. Agora, estamos planejando o desdobramento com uma nova atividade da disciplina de Ginecologia e Obstetrícia na comunidade do Vale do Carangola", explica Vander Guimarães, professor titular da disciplina de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina de Petrópolis (UNIFASE/FMP). 

 

As moradoras da comunidade foram orientadas por professores e acadêmicos da UNIFASE/FMP e pela equipe da Unidade de Saúde da Família. Nos folhetos explicativos distribuídos na ação, as mulheres tiveram acesso às principais informações sobre os procedimentos preventivos em relação à saúde feminina e a oportunidade de esclarecer todas as dúvidas com os profissionais e os estudantes da área da saúde.




"Eu sou hipertensa e diabética. Já estava há bastante tempo sem ter acesso ao atendimento médico. Então, aproveitei essa oportunidade para me consultar, esclarecer minhas dúvidas e pegar receita dos meus medicamentos. Também fiquei feliz por conseguir fazer os exames e colocar tudo em dia. Essa ação foi muito importante para a nossa comunidade. Tem muita gente que mora na região e infelizmente não tem acesso às informações que foram passadas nessa ação", conta Luciana de Jesus, doméstica e moradora do Vale do Carangola. 

 

Na ocasião, extensionistas do Projeto Vale do Carangola e os residentes do Programa de Saúde da Família e Comunidade caminharam pelo bairro para encontrar e escutar moradoras e moradores.



"Foi um evento maravilhoso. O que nos gratifica é perceber que, cada vez mais, as pessoas estão se conscientizando sobre a importância do cuidado com a saúde. Nossa comunidade precisa muito desses eventos, pois carece de atenção médica. Essa parceria com a UNIFASE e a APPO é muito importante para nós", destaca Viviane Azara Andrade, enfermeira da Unidade de Saúde da Família do Vale do Carangola.      

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem