O primeiro Famtur organizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em julho, com a participação de empresas organizadoras de congressos, treinamentos empresariais e ações corporativas, somada ao avanço da vacinação contra covid-19 na cidade, estão começando a gerar resultados ao município. No último fim de semana, um curso presencial dedicado a médicos neurocirurgiões e ortopedistas, realizado no auditório da Faculdade de Medicina de Petrópolis (Fase), reuniu cerca de 30 pessoas, que vieram à cidade trazendo familiares, movimentando a economia local.

 

Para Bruno Pereira, um dos coordenadores do curso, Petrópolis atende de forma excepcional os requisitos para a realização de eventos. “A cidade possui condições necessárias para cursos como esse que coordeno. O clima, a rede hoteleira, a segurança e a gastronomia, sem contar com as belezas naturais, são perfeitos para os participantes. Estou muito satisfeito”, afirma.

 

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares, a empresa que organizou o evento foi uma das participantes do Famtur e todos os inscritos ficaram hospedados ao longo do final de semana na cidade. Para ele o Famtur, como esperado e programado, começa a render frutos.

 

“O objetivo principal do Famtur era exatamente esse, trazer para Petrópolis eventos coorporativos que movimentem a rede hoteleira, gastronômica e turística de forma geral. Com isso a economia se recupera, os empregos são gerados, uma cadeia positiva se forma no município. Tenho certeza que muitos outros serão organizados e essa cadeia terá um aquecimento grande, o que é bom para o município de forma geral”, explica Soares.

 

O Famtur em Petrópolis, realizado em julho deste ano e que teve a participação da Turispetro, Fecomércio e Petrópolis Convention & Visitors Bureau, reuniu 15 empresas interessadas no potencial de Petrópolis para receber eventos de 100, 300, até 1 mil pessoas. A cidade também é uma das mais seguras do Estado e do país, com boa logística, infraestrutura, atrativos culturais e ecológicos.

 

Para o secretário da Turispetro, Samir El Ghaoui, o Famtur tem uma importância muito grande, pois mostrou que Petrópolis está preparada para atender e receber a todos tipos de evento. 

 

“Hoje, com muito otimismo, vejo que o esforço para o sucesso do Famtur está ligado diretamente a esse retorno gradual dos eventos. O exemplo que tivemos com o evento na Fase, com a ocupação hoteleira subindo, o fluxo de turístico voltando para patamares anteriores a pandemia. Tenho certeza que vamos recuperar os índices de ocupação e garantir a rede turística da cidade”, afirma.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem