O Banco de Sangue Santa Teresa está com os estoques de sangue tipo ‘O negativo’ abaixo do nível ideal. Por isso, está convocando os doadores desta tipagem sanguínea para que se sensibilizem e compareçam ao local para praticarem esse gesto voluntário, deixando assim uma margem segura para os atendimentos aos pacientes internados nos hospitais.

 

Para se ter uma ideia da importância deste tipo de sangue nos diversos tratamentos clínicos, Vinícius Pereira, captador de doadores do Banco de Sangue Santa Teresa, explica que o ‘O negativo’ é considerado universal e, portanto, em casos de extrema urgência, é o que é utilizado pelos hospitais.

 

"Além disso, o Banco de Sangue tem o protocolo de transfundir bolsas de sangue ‘O negativo’ em recém-nascidos de até 4 meses quando necessitam de transfusão", informa o captador.

Vinícius Pereira ressalta que as demandas aumentaram em razão da retomada da vida social, do retorno de cirurgias eletivas, além dos pacientes que prosseguem em tratamentos de Covid, anemias, câncer, dentre outros procedimentos. A unidade atende aos hospitais públicos e privados de Petrópolis.

 

Para atender aos doadores com mais conforto e agilidade, o Banco de Sangue Santa Teresa funciona diariamente, das 7h às 18h, inclusive aos domingos e feriados, na Rua Doutor Paulo Hervê, 1130, no bairro Bingen, ao lado do Banco Bradesco.

 

A instituição segue rigorosamente todos os protocolos de segurança contra a Covid-19 e por isso conquistou o selo Covid Free de Excelência, concedido pelo IBES - Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde, em reconhecimento por manter as melhores práticas de prevenção e enfrentamento da pandemia de coronavírus.

 

 

 

 

 

 

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem