Município tem 120 mil pessoas vacinadas contra gripe

Taxa de cobertura entre idosos é de 85,9% e de crianças está em 72,48%

 

Com 120.480 moradores que receberam a vacina contra o vírus influenza, Petrópolis tem 68,9% de cobertura total. O imunizante continua disponível em 15 salas de vacina distribuídas em pontos dos cinco distritos. Ao todo foram vacinadas até o momento 84.357 pessoas que fazem parte do público alvo da campanha e outras 36.123 pessoas que procuraram as unidades de saúde desde o início de julho, quando a vacinação foi aberta a toda população.  Foram imunizados na cidade 50.703 idosos e 14.766 crianças, o que corresponde a 85,9% e 72,48% de cobertura, respectivamente, para estes grupos.

 

“A Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde não teve este ano registro de casos confirmados de infecção pelo vírus influenza - situação diferente do que ocorre em outros municípios. Apesar de oficialmente a campanha de imunização do Ministério da Saúde ter terminado no mês passado, a Divisão de Imunização da Secretaria ainda tem vacinas contra a influenza disponíveis. Enquanto houver estoque, as salas de vacina serão abastecidas para atender a população”, explica o prefeito Hingo Hammes. 

 

A Vigilância Epidemiológica lembra que, por conta da pandemia de covid-19, o Lacen - laboratório responsável pela identificação de casos, monitora especificamente os casos de crianças de zero a cinco anos e gestantes.

 

“Temos este ano um percentual de crianças vacinadas maior do que o do ano passado, mas é importante que pais e responsáveis que por algum motivo não levaram as crianças para se vacinar, procurem a sala de vacina mais próxima para fazer a imunização. A mesma orientação vale para os idosos, que também devem se imunizar”, orienta o secretário de Saúde, Aloisio Barbosa da Silva Filho.

 

A campanha de imunização contra a influenza – vírus da gripe – foi realizada entre abril e outubro. Este ano, ela foi subdividida em três fases, começando em abril com a vacinação de crianças e profissionais de saúde, seguida por idosos e professores e posteriormente para os demais grupos. Desde 8 de julho a vacinação foi aberta a toda população. A vacinação segue sendo realizada enquanto houver doses em estoque. 

 

Importante destacar que, embora inicialmente o Ministério da Saúde tenha estabelecido um intervalo de 15 dias entre as vacinas contra covid-19 e influenza, atualmente, seguindo as orientações do Ministério, não há mais necessidade de intervalo para a aplicação dos dois imunizantes.

 

“Inicialmente, por conta do monitoramento sobre possíveis reações à vacina contra a covid-19, havia uma orientação pelo intervalo de 15 dias, mas posteriormente esta orientação foi revista pelo Ministério da Saúde”, explica o secretário Aloisio Barbosa.   

 

A vacina contra a influenza está disponível em salas de vacinação nas seguintes unidades de saúde:  UBS Morin, PSF Alto da Serra, PSF São Sebastião, UBS Alto Independência, UBS Quitandinha, UBS Mosela, UBS Retiro, Ambulatório Escola, UBS Itamarati, Hospital Alcides Carneiro, UBS Itaipava, UBS Araras, UBS Pedro do Rio e PSF Posse.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem