O novo cenário epidemiológico tem demonstrado crescimento na curva de contágio pela variante Ômicron. Ao contrário dos meses de novembro e dezembro, em que a taxa de positividade dos exames PCR realizados no Hospital Santa Teresa era de 2%, em janeiro, o percentual de positividade subiu para 36, o que demonstra uma circulação maior do vírus.

 

Para proteger pacientes e os profissionais da saúde, o HST recomenda que acompanhantes evitem vir ao hospital, mesmo que as visitas estejam liberadas.

 

“Estamos acompanhando o comportamento desta nova variante e, neste momento, a recomendação é para que os pacientes evitem vir ao hospital com acompanhantes, assim reduzimos a circulação de pessoas no ambiente hospitalar e protegemos os pacientes e os nossos colaboradores”, explicou o diretor executivo do HST, o médico Leonardo Menezes.

 

O hospital Santa Teresa também registrou aumento no número de atendimentos a pacientes com sintomas respiratórios a partir do início de dezembro, quando a média de atendimentos subiu de 51,26 (em novembro) para 98,38 por dia.

 

Em janeiro, a procura pelo Pronto Atendimento teve nova alta, elevando a média para 146 atendimentos diários. Só na última terça-feira, 215 pacientes foram atendidos.

 

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem