Hospital Santa Teresa (Foto: divulgação)



Medida começa a valer neste sábado, dia 15 de janeiro

 

O Hospital Santa Teresa registrou, na última semana, aumento no número de internações de pacientes com sintomas da Covid-19. O boletim emitido pela instituição nesta sexta-feira (14) aponta oito pacientes internados com diagnóstico confirmado, três deles na UTI e cinco em leitos clínicos. Outros quatro pacientes estão internados em leitos clínicos aguardando diagnóstico para a doença. Em decorrência do crescimento no número de internações, o Hospital Santa Teresa vai suspender as visitas a partir deste sábado, dia 15 de janeiro.

 

“Nosso objetivo é proteger os pacientes e nossos colaboradores, visto que a circulação do vírus tem aumentado significativamente na cidade. Estamos retomando as visitas virtuais que serão realizadas por nossa equipe de psicólogos, mantendo o mesmo padrão de acolhimento que tivemos durante toda a pandemia. Contamos com a colaboração de todos para que possamos vencer mais essa etapa”, declarou o diretor executivo do HST, o médico Leonardo Menezes, citando o crescimento da taxa de positividade dos exames PCR realizados no hospital, que era de 2% em novembro e dezembro e passou para 40% em janeiro.

 

Com a suspensão das visitas presenciais, o boletim médico será encaminhado diariamente para o familiar cadastrado no ato da internação via Whatsapp. As visitas virtuais serão feitas por meio de chamadas de vídeo intermediadas pelo serviço de psicologia do hospital. A frequência e duração da visita virtual serão avaliadas de acordo com o quadro clínico do paciente.

 

Além da suspensão das visitas, o Hospital Santa Teresa também recomenda que pacientes que venham à urgência ou a consultas pré-agendadas no Centro Médico evitem trazer acompanhantes. “Temos tido um grande número de atendimentos a pacientes com sintomas respiratórios nos últimos dias. Só nesta quinta-feira, foram 248 atendimentos, maior número já registrado desde o início da pandemia e contamos com a colaboração de todos para reduzir o fluxo de pessoas no hospital”, afirmou o diretor, lembrando a importância da manutenção dos cuidados com a higienização das mãos, uso de máscara e distanciamento social.

 

A média de atendimentos a pacientes com sintomas respiratórios subiu de 51,26 (em novembro) para 98,38 por dia em dezembro. Em janeiro, a procura pelo Pronto Atendimento teve nova alta, elevando a média para 155 atendimentos diários.

 

 

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem