Rodrigo D' Avilla 



Acordes do Amanhã - #MúsicasQueAbraçam promove um festival híbrido, com atrações gratuitas, em cinco cidades

 

Praças, parques, hospitais, abrigos, terminais de transporte público e as telas de computadores e smartphones serão palco de mais de 100 artistas fluminenses que irão se apresentar nos dias 15, 21 e 22 de janeiro de 2022, nas cidades de Petrópolis, Rio de Janeiro e São Gonçalo, de forma presencial. Paraíba do Sul e Areal terão como palco as telas, já que o Festival aposta em uma programação híbrida, presenciais e online, por meio do canal oficial da Quitanda Soluções Criativas. As apresentações mesclam shows e intervenções musicais, que acontecem em locais estratégicos das cidades.

 

Petrópolis receberá diversas atrações neste sábado, dia 16. Os shows começam às 10h e seguem até às 16h na Rua 16 de Março com Cley, Rodrigo D’Avilla, Marcelo Serralva, o “Homem Banda”, Beatriz Bessa, Luka Marques e Lala Valone. Já a famosa Rua Teresa também foi escolhida para abrir a programação às 10h com Rodrigo D’Avilla, Vinnytz e, em seguida, se apresenta Marcelo Serralva, o “Homem Banda”. A Rua do Imperador não poderia ficar de fora: às 11h10 será a vez de Andrezza Dumard dar seu abraço sonoro ao público, às 14h com Vinnytz e depois Rafael Carius segue com o festival.

 

O badalado palco na Praça Rui Barbosa (Praça da Liberdade) contará com oito shows a partir das 14h, com término previsto para às 22h. Na sequência, Daniel Pellegrini, Vulgo Rock, Claudio Nucci, Café Bordel, Maria Pérola, Terramar, Pedro Cantalice e Yug Werneck mostram o melhor da música. 

 

Já as intervenções musicais começam às 16h com Lala Valone no Terminal Rodoviário Imperatriz Leopoldina e Cley na Praça D. Pedro. Às 16h40 o público poderá optar entre Durango Kid no Terminal Rodoviário Imperatriz Leopoldina ou Raphael Carius na Praça D. Pedro. Às 17h20m será a vez de Beatriz Bessa no Terminal Rodoviário Imperatriz Leopoldina e, em seguida, apresentação de Luka Marques. E a Praça da Águia trará, às 18h, DurangoKid.

 

No dia 21 (sexta-feira), a cidade do Rio de Janeiro recebe mais de 70 apresentações em mais de 30 diferentes locais. Largo da Carioca, Cinelândia, Praça XV, Praça Mauá, Arpoador, Copacabana e Botafogo são alguns dos locais com atrações confirmadas. A programação completa pode ser vista no site do festival (www.festivalacordesdoamanha.com.br).

 

O Festival Acordes do Amanhã encerra em São Gonçalo, no sábado (22), com apresentações da banda Baile Avant Garde (BAG) e convidados, no Teatro Armazém - Cenarte Dimensões, a partir das 19h.

 

O Festival Acordes do Amanhã segue todos os protocolos sanitários contra a covid-19. “Nosso palco prevê uma pequena estrutura no chão com balões, exatamente para auxiliar no distanciamento social e teremos também álcool em gel. Os produtores serão instruídos a ter e solicitar esses cuidados, bem como o uso de máscaras”, explica Paulo Feitosa, idealizador do Festival.


 

Acordes do Amanhã também é virtual

 

As cidades de Paraíba do Sul e Areal tiveram suas programações alteradas e agora terão apresentações online. Devido às fortes chuvas que atingiram Paraíba do Sul e da vazão da Represa do Funil, localizada no município, a cidade está em estado de alerta inviabilizando a realização do evento de forma presencial. Em Areal, a Prefeitura determinou a suspensão de eventos de qualquer natureza em espaços públicos da cidade, como medida sanitária de combate à pandemia de covid-19.

 

A readequação garante a segurança do público e dos artistas do festival. Além disso, com o formato híbrido, o Festival Acordes do Amanhã deve alcançar um número maior de espectadores. A programação das apresentações online será divulgada em breve. 


 

O show tem que continuar

 

Em sua 2º edição, o Festival celebra o abraço, “esse gesto tão bonito e que tão logo desejamos dividir com as pessoas. No entanto, a pandemia não nos impediu de compartilhar o amor que sentimos por pessoas queridas por meio da música e das redes sociais”, conta Feitosa.

 

O Festival Acordes do Amanhã é apresentado pela Enel Distribuição Rio, pela Plataforma Sinfonia do Amanhã e pelo Governo do Estado com apoio institucional da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, via Lei Estadual de Incentivo à Cultura. O Festival tem realização da Quitanda Soluções Criativas e do Instituto BR. A produção é da Cinco Elementos Produções e a produção executiva é da Marco Zero Produções.


Programação

 

Petrópolis | sábado, 15 de janeiro

 

  • Show Musical - Local: Praça Rui Barbosa (Praça da Liberdade)

 

14h: Daniel Pellegrini

15h: Vulgo Rock

16h: Claudio Nucci

17h: Café Bordel

18h: Maria Pérola

19h: Terramar

20h: Pedro Cantalice

21h: Yug Werneck 

 

 

  • Intervenção Musical

 

Cley

10h: Rua 16 de Março

16h: Praça D. Pedro 


Rodrigo D’Avilla

10h: Rua Teresa 

11h20: Rua 16 de Março


Vinícius

10h30: Rua Teresa 

14h: Rua do Imperador


Marcelo Serralva - Homem Banda

10h40m: Rua 16 de Março 

11h40m: Rua Teresa 


Andrezza Dumard

11h10: Rua do Imperador

17h20: Praça da Águia


Beatriz Bessa

14h: Rua 16 de Março

17h20: Terminal Rodoviário Imperatriz Leopoldina


Luka Marques

14h40: Rua 16 de Março

18h: Terminal Rodoviário Imperatriz Leopoldina 


Lala Valone 

12h: Rua 16 de Março

16h: Terminal Rodoviário Imperatriz Leopoldina


Raphael Carius

14h30: Rua do Imperador

16h40: Praça D. Pedro


DurangoKid 

16h40: Terminal Rodoviário Imperatriz Leopoldina

18h: Praça da Águia

 

 

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem