O artista plástico apresentando uma das obras da série Memórias do Exílio (Foto: Mário de Aratanha)

Piccola Arena, um novo espaço que é misto de atelier, galeria de arte, teatro de arena, sala multiuso e bistrô, abriga mostra do artista Mauricio de Memória. Intitulada “Sou o que Sou”, a exposição poderá ser apreciada até dia 17 de junho e conta com duas séries: ‘Ciclistas’, inspirada no filho Theo, atleta, que retrata uma disputa de bike e ‘Imagens do exílio’ criada a partir de fotos preto e branco tiradas na década de 60, quando se auto-exilou na Europa, por conta da ditadura. No segundo andar da galeria estarão expostas obras de grandes formatos, feitas pelo artista.
“A vasta produção de Mauricio de Memória não se encaixa em um estilo específico. Em sua obra onírica, trabalha o figurativo e o abstrato como complementos. Atraído pela instabilidade das coisas, elementos pictóricos que dão ideia de movimento – como a roda, os aviões, a pipa que se vai, o ciclista - permeiam as séries”, explica a curadora Jeanne Duarte.
‘Ciclistas’, inspirada no filho Theo, atleta, retrata uma disputa de bike. Focado na disputa, o ciclista vê tudo muito rápido, as imagens se desfocam. É essa sensação que Mauricio procura na pintura. O artista vai estilizando até dissolver as formas. A paisagem se transforma, as figuras humanas também e de acordo com as situações e emoções vividas são representadas como fantasmagóricas, como um animal ou uma entidade. A expressão de espanto, o medo da queda e da descida, o estar inebriado pela velocidade, a natureza em volta ganham tanta importância quanto o elemento humano em si.
Em ‘Imagens do exílio’ o artista faz as contas com o passado, revisitando a memória não só pelo lado amargo, mas também o doce do auto-exílio forçado pela ditadura que o levou à Europa por mais de 20 anos. Trabalha a partir de suas fotos preto e branco tiradas na década de 60 para contar um pedaço da história que é dele e do país.
Embora pareçam temas distantes, as séries de Sou o Que Sou refletem chegadas e partidas em todas as pinturas. Coisas do inconsciente que se impõem no trabalho de um artista sempre em movimento.

Sobre o artista
Historiador por formação, o sobrenome artístico adotado por Mauricio – de Memória – é bastante apropriado. É a memória e os fatos atuais (que um dia também se tornarão lembranças) a inspiração Para seus 40 anos de pinturas, esculturas e cerâmicas. Mauricio tem mais de 10 exposições realizadas, incluindo grande individual no Sesc Pompeia SP.  Frequentou a Escola Nacional de Belas Artes em 1961. Exilado nos anos 60 por conta das atividades profissionais e políticas, morou em Varsóvia e Milão, onde pode aprofundar o olhar nos museus e estudar pintura. Fixou-se no Rocio há mais de 30 anos e lá mantém seu atelier e a Piccola Arena.

O local
Localizada no Rocio/ Petrópolis/ RJ (km 76 da BR 040, no Rocio), a Piccola Arena foi idealizada pelo artista plástico Mauricio de Memória, que construiu o espaço por meios próprios. Promove e recebe linguagens artísticas - shows, teatro, espetáculos, exposições - em um único local contando com teatro de arena, duas galerias de arte e salão multiuso. Projetada para que o visitante sinta-se integrado aos ambientes e possa desfrutar ao máximo de todas as atividades existentes, completa o conjunto o Divina Sálvia Bistrô, aproveitando a experiência do seu criador como restauranteur de longa data.
No Divina Sálvia, as massas artesanais, os pratos sazonais criados com ingredientes colhidos na região e as compotas de frutas feitas com carinho completam sua experiência no Rocio. A vista dá para o haras em frente para as montanhas. No bistrô, as ervas e temperos vêm da horta caseira; os ovos são caipiras, o queijo é comprado de produtores da região. O próprio Mauricio fabrica as massas da casa, enquanto Lucca, seu filho, criou e comercializa a cerveja artesanal Rocky Garden, produzida a 6 km. Entre os carros chefes da casa, comandada atualmente pela Chef Silvana, estão a Rabada ao molho de agrião e a Galinha ao molho pardo. Como disse um cliente, “arte pura, da parede ao prato”. 

Serviço
Exposição “Sou o que Sou” de Mauricio de Memória
Local: Estrada do Rocio 3507 - Petrópolis RJ
Informações: 2243-9311
Horário de funcionamento: sábados e domingos, de 10h as 18h
Entrada: gratuita


Leia Também