A programação fará parte da 16ª semana de museus

Em maio comemoramos a o Dia do Artista Plástico e a 16ª Semana de Museus, esse ano
com o tema “Museus Hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”. Em função disso a Biblioteca Rocambole organizou uma programação especial e imperdível, com todas as atividades gratuitas e destinadas a grupos escolares previamente agendados junto ao setor de Educação do Museu Imperial.
A programação começa no dia 3, das 14h às 15h, com a contação de história do livro “O pavão abre e fecha”, de Ana Maria Machado. Após a leitura haverá exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.
O livro conta a história de um pavão que abre sua cauda e se acha lindo. Só que com alguns acontecimentos o pavão vai se fechando e ficando chateado. Será que ele vai conseguir mostrar sua linda cauda de novo?
O Dia do Artista Plástico, dia 8, será comemorado com a contação e exploração do livro “Volpi”, de Nereide Santa Rosa. Em seguida, haverá oficina criativa inspirada na obra do artista.
A história mostra como foi a vida do pintor Alfredo Volpi, a adaptação da sua família vinda da Itália e a luta que teve de enfrentar para firmar-se no Brasil.
Nos dias 9 e 10, ainda em homenagem ao Dia do Artista Plástico, a hora do conto será das 14h às 15h, com o livro “José Ferraz de Almeida Júnior”, de Nereide Santa Rosa. Após a leitura haverá oficina de desenho inspirada na obra do artista.
O livro escolhido conta a história da vida de José Ferraz de Almeida Júnior. Natural de Itu, é considerado o mais brasileiro dos pintores do século XIX. Dom Pedro II, impressionado com seu trabalho, concedeu-lhe uma bolsa de estudos para a Europa, onde aperfeiçoou sua arte. O Dia do Artista Plástico é comemorado em 8 de maio, data de nascimento do pintor.

Dia 15 começa a 16ª Semana de Museus, e das 14h às 15h será a hora do conto, com o livro “O menino que aprendeu a ver”, de Ruth Rocha, seguida de oficina criativa. A história é do menino João, que devagar, aprendeu uma lição. No mundo de hoje tudo se aprende, e é isso que se descobre quando se aprende a ler.

Já no dia 16, a Biblioteca Rocambole oferecerá uma atividade educativa que aborda a história do telefone no Brasil. A atividade será das 14h às 15h30, com o tema “Telefone: conectando pessoas através dos tempos”.

Hoje em dia o celular está acessível a todos em todo momento, facilitando a comunicação entre as pessoas, não importa onde e quando. Mas como será que era a comunicação antigamente? O que mudou até os dias de hoje? No Museu Imperial vamos encontrar um modelo utilizado por d. Pedro II que conta o início dessa história. Que tal conhecê-lo?

No dia 17, das 14h às 15h, a contação de história será do livro de Alexandre Brito, “Museu Desmiolado”. Após a leitura haverá exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.
Neste livro, os museus são apresentados através de brincadeiras com o sentido das palavras e das imagens, que surpreendem e fazem pensar para que servem, afinal, os museus.

Dia 22, das 14h às 15h, a hora do conto será do livro “Dudu e a caixa”, de Stela Loducca, seguida de oficina criativa. Sempre que a campainha tocava, Dudu adorava ficar imaginando o que estava do outro lado da porta. Até que um dia chegou uma encomenda dentro de uma embalagem bem grande para sua mãe. O que seria? Para Dudu, ela se tornou um carro potente, uma prisão para bandidos perigosos, um barco cheio de navegantes e tudo que a criatividade dele permitiu.

Nos dias 23 e 24, das 14h às 15h, a contação de história será do livro “Os desejos de Nina”, de Gilles Eduar. Em seguida terá exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.
Nesta história, as crianças acompanharão Heitor e Nina em seu passeio e ajudarão o pobre Heitor a encontrar todos os pedidos da gatinha exigente. Heitor faz de tudo para agradar Nina, e Nina não se contenta com qualquer mimo. Tem que ser a coroa com um sol e duas luas, o peixe-gato, a flor azul com bolinhas douradas... Será que Heitor vai conseguir agradar a gatinha?

No dia 30, a hora do conto será das 14h às 15h, com o livro “Um presente diferente”, de Marta Azcona. Após a leitura haverá oficina criativa.
Marcel ganhou um presente estranho no dia de seu aniversário: um pedaço de pano xadrez que sobrou da cortina da casa de seu amigo Tomás. A imaginação pode transformar a coisa mais insignificante do mundo em brinquedos incríveis. Marcel viu que algo tão simples transformou o seu aniversário em um dia muito especial!
A programação se encerra no dia 30 com a hora do conto e exploração da Biblioteca Rocambole. Das 14h às 15h, terá a contação de história do livro “Max, o Corajoso”, de Ed Vere.
Max é um gato muito corajoso. É por isso que ele odeia quando as pessoas o chamam de "gracinha" ou amarram um laço no pescoço dele.  Então, para provar a sua braveza, Max decide virar um grande caçador de ratos. Será que Max vai conseguir caçar seu primeiro rato?

Todos os eventos da programação devem ser agendados previamente através do nº 24-22330345  (Setor de Educação), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18h.

A programação mensal de atividades da Biblioteca Rocambole, bem como outras informações relativas ao seu funcionamento e acervo, podem ser acessadas no Blog da Biblioteca: http://bibliotecarocambole.blogspot.com.



Leia Também