Exposição é a primeira individual do artista e traz a arte das ruas para a galeria

Doug  ao lado do Mauricio de Memoria, o idealizador do espaço Piccola Arena (Divulgação)

Pintor, muralista e um dos pioneiros do graffiti que ajudaram a construir uma identidade para essa arte na região serrana, Doug foi um dos vencedores do edital de ocupação das galerias Piccola Arena, espaço multimídia que está completando três anos de atividades ininterruptas. 
“O que me cerca”é sua primeira exposição individual, cuja abertura em 10 de novembro, a partir das 17h, vem com jeito de festa de rua. Está prevista a apresentação do saxofonista Marcelo Buddy e do tecladista Cleiton Batista e ainda da dupla de malabares Malabaguita. A entrada é gratuita.
Para a mostra “O que me cerca”, Doug apresenta 10 obras, sendo 8 criações inéditas, e ainda uma intervenção em uma das paredes da galeria, trazendo a arte muralista que tanto o caracteriza para dentro do espaço. A pintura-intervenção sugere o percurso que se segue pelos demais quadros.
Artista completo de Petrópolis, é dele, por exemplo, o famoso painel da Praça da Liberdade, feito há dois anos no Dia da Consciência Negra, que homenageia as mulheres que lutaram pela abolição da escravatura, aprovado pelo IPHAN. 
Na sua jornada, Doug constroi pontes entre o que vê e sente, entre natureza e vida urbana, unindo sua arte e habilidades em suportes tão distintos como papel, tela ou paredes. Com as técnicas e linguagens do graffiti em novos suportes, apropria-se dos espaços ou telas com pintura e desenho em acrílico, óleo, spray, pastel, indian ink, por vezes juntando mais de uma técnica em uma só criação.
 “Vivemos numa época onde temos cada vez mais acesso e menos posse. O graffiti tem a característica de apropriar-se da rua, do bem público, possibilitando assim o acesso à arte a todos. Trazer Doug para intervir dentro da galeria é a forma que encontramos de dizer a todos: ocupem a Piccola Arena. Ela é nossa”, diz Jeanne Duarte, curadora do espaço.
“O que me cerca” pode ser visitada aos sábados e domingos, das 10h às 18h, até 10 de fevereiro. Visitas escolares ou em grupos podem ser agendadas nos demais dias, pelo telefone 2243-9311.

Piccola Arena, três anos de cultura em todas as direções
Em pleno Rocio/ Petrópolis (km 76 da BR 040 sentido Juiz de Fora-Rio), a Piccola Arena foi idealizada pelo artista plástico Mauricio de Memória, que construiu o espaço por meios próprios, num sonho que demorou 16 anos até ser completado. Promove e recebe linguagens artísticas - shows, teatro, espetáculos, exposições - em um único local contando com teatro de arena, duas galerias de arte, atelier do artista e salão multiuso. Projetada para que o visitante sinta-se integrado aos ambientes e possa desfrutar ao máximo de todas as atividades existentes, completa o conjunto o Divina Sálvia Bistrô, aproveitando a experiência do seu criador comorestauranteurde longa data. 

Serviço: 
Exposição “O que me cerca”  -  do artista Doug
Pinturas inéditas e intervenção muralista
Picccola Arena (Galeria 1)
Abertura: 10 de novembro, sábado, a partir das 17h
Apresentações de Marcelo Buddy (sax) e Cleiton Batista(teclados) e Malabaguita(dupla de malabares), comemorando os 3 anos de atividades da Piccola Arena.
Entrada gratuita
Piccola Arena – Estrada do Rocio 3507 (3 km após a saída da BR 040, sentido JF-Rio, totalmente asfaltados).
Tel: 2243-9311
Visitação: de 10 de novembro a 10 de fevereiro, sábados e domingos, das 10h às 18h

Leia Também