Com as situações emergenciais nos hospitais provocadas pelas tempestades de chuva, aumentou a necessidade de doações de sangue
O Banco de Sangue Santa Teresa de Petrópolis está fazendo um mutirão emergencial, chamando por doadores que possam contribuir com todos os tipos de sangue. A ação se faz necessária em razão das fortes chuvas que atingiram o Estado do Rio de Janeiro na última noite. A cidade de Petrópolis também foi atingida, sofrendo os danos do temporal, levando a Defesa Civil a trabalhar em estado de atenção.
De acordo com Rodrigo Santos Moreira, líder de captação, em momentos como esse é importante estar ainda mais preparado para todas as demandas que possam ocorrer. “Precisamos estar preparadospara atender situações de emergência, caso ocorram. E, também, com a ajuda da população, podemos reforçar nosso estoque de bolsas de sangue, direcionando para as necessidades rotineiras de todas as Unidades Hospitalares que atendemos (públicas e privadas), como traumas, cirurgias, transplantes, tratamentos de câncer, anemias, entre outras, que continuamente precisam desse gesto de amor”, explica Moreira.

Veja como é fácil doar
Os interessados em doar precisam pesar, no mínimo, 50 quilos e estar em boas condições de saúde. Não é necessário fazer jejum, mas é preciso esperar 3 horas após a ingestão de alimentos gordurosos. No local, basta apresentar um documento oficial com foto e ter entre 16 e 69 anos (menores de idade precisam de autorização e estar acompanhados pelo responsável legal, e para aqueles que estão na faixa de 60 a 69 anos, é preciso apresentar o comprovante de alguma doação anterior já realizada).
O voluntário também não pode ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação. Quem tiver feito tatuagem ou colocado piercing recentemente precisa aguardar um ano após o procedimento, exceto piercing na língua ou região genital. Nesses casos, a doação está liberada somente um ano após a retirada. Quem fez endoscopia deverá aguardar 6 meses após a realização do procedimento.
Além disso, o interessado não pode ter contraído hepatite após os 11 anos de idade, não pode ter tido gripe ou resfriado nos últimos 7 dias, não pode ter tido sífilis, Doença de Chagas ou Aids nem diabetes em uso de medicações. Quem se vacinou recentemente, deve aguardar 30 dias em caso de febre amarela ou sarampo e 2 dias em caso de gripe ou HPV. Em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias, deve entrar em contato antes com o Banco de Sangue para confirmar se poderá ou não realizar a doação.

Sobre o Banco de Sangue Santa Teresa
O Banco de Sangue Santa Teresa é responsável por realizar, em média, 650 transfusões por mês e precisa de 80 doações por dia para atender esta demanda com segurança. O sangue coletado ajuda a salvar vidas de pacientes tanto do SUS quanto da rede particular. São pessoas atendidas em prontos-socorros e nos hospitais Santa Teresa e Unimed, além de pacientes encaminhados pelas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), que dependem dessas doações todos os dias.
Para doar basta comparecer ao Banco de Sangue Santa Teresa qualquer dia da semana, inclusive aos sábados, domingos e feriados, das 7h às 18h. A unidade está localizada no térreo do Hospital Santa Teresa, na rua Paulino Afonso, 477, bairro Bingen. O local possui estacionamento para doadores.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (24) 2245-2324 ou (24) 99269-4355, sitehttps://www.doesanguedoevida.com.br/doar-sangue-petropolis ou Facebook @doesangue.bsst.


Leia Também