Banco de Sangue Santa Teresa, em Petrópolis, relança a campanha Raça, Amor e Sangue

Torcedores do Flamengo entram em campo a partir desta semana, dia 4 de abril, e se mobilizam em equipe, assim como no futebol, para levar amigos e simpatizantes da causa a doarem sangue no Banco de Sangue Santa Teresa, em Petrópolis.
Trata-se da Campanha Raça, Amor e Sangue que nesta 14ª edição acontece de 4 a 14 de abril, e que conta com o apoio e a participação dos torcedores do time carioca. A ação foi idealizada quando a mãe de um torcedor de uma torcida organizada de outro time teve câncer e precisou de transfusão de sangue. Em um gesto de solidariedade, houve então uma grande mobilização entre as torcidas para doações de sangue.
Esta edição da campanha apresenta em sua logomarca o ‘selo 10’, uma menção em memória aos jovens jogadores da base do time carioca, que faleceram em decorrência do incêndio que atingiu o Centro de Treinamento do Flamengo, em fevereiro.
A expectativa, com essa ação, é que haja um significativo aumento nas doações, segundo Rodrigo Santos Moreira, líder de captação do Banco de Sangue Santa Teresa. “Esperamos atingir aproximadamente 500 doações, durante a campanha. Esse número contribui para a manutenção do estoque, mantendo os hemocomponentes saudáveis”, afirma Moreira.
De acordo com o líder de captação, são bem-vindos todos os tipos sanguíneos, principalmente os da modalidade O+ e O-. “A demanda por esses tipos sanguíneos sofre um acréscimo considerável durante e pós períodos festivos ou feriados, em decorrência de acidentes de trânsito, transplantes, tratamentos de câncer e anemias, entre outros fatores. Consequentemente, há um aumento no consumo de bolsas de sangue pelos hospitais desproporcional ao número de doações realizadas nesse período”, explica Moreira. O número de coletas que seja confortável frente a essa necessidade é de cerca de 80 doações diárias, contra a média atual de apenas 40, informa ainda o líder.
 Para Rodrigo Moreira, campanhas como essas são oportunidades para que os torcedores demonstrem algo que vai além da dedicação pelo futebol. “É um momento em que a união e a paixão pelos seus times podem ser revertidas em fazer o bem e salvar centenas de vidas, além de contribuir para uma sociedade mais altruísta e voluntária”, conclui.

Veja como é fácil doar   
Os interessados precisam pesar mais de 50 quilos e estar em boas condições de saúde. Não é necessário fazer jejum, mas é preciso esperar três horas após o almoço ou a ingestão de alimentos gordurosos. No local, basta apresentar um documento oficial com foto e ter entre 16 e 69 anos (menores de idade precisam de autorização e estar acompanhados por um responsável). O voluntário não pode ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação. Quem tiver feito tatuagem, micro pigmentação de sobrancelha, ou piercing recentemente precisa aguardar 12 meses após o procedimento, e quem fez endoscopia deverá aguardar 6 meses após a realização do procedimento.
  
Serviço:
Campanha Raça, Amor e Sangue
De 4 a 14 de abril, de 2019
Banco de Sangue Santa Teresa
Dentro do Hospital Santa Teresa - Térreo
Endereço: Rua Paulino Afonso, 477, Bingen – Petrópolis
Horário: qualquer dia da semana, inclusive aos sábados, domingos e feriados, das 7h às 18h
Telefones: (24) 2245-2324 ou (24) 99269-4355.
Estacionamento conveniado durante a doação no próprio Hospital


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis