Foto/ divulgação



Filmes do diretor italiano serão exibidos em sessões gratuitas ao longo do mês.

Se estivesse vivo, o italiano Federico Fellini teria completado 100 anos em janeiro. Para celebrar a efeméride, o Sesc RJ leva neste mês de março às suas unidades – incluindo Nogueira e Quitandinha, em Petrópolis – a mostra “Mondo Fellini”, com obras desse que foi um dos maiores e mais influentes diretores de cinema de todos os tempos.

No Sesc Quitandinha, as sessões são aos domingos, e em Nogueira, nas quartas-feiras. A mostra foi aberta dias 1 e 3, com “Os boas vidas” e agora segue com “Oito e meio”, “A voz da lua”, “A doce vida” e Julieta dos Espíritos (veja agenda). Os longas-metragens, produzidos entre 1950 e 1990, foram escolhidos por serem considerados emblemáticos e significativos dentro da extensa carreira do artista.

CineSesc 

A mostra audiovisual “Mondo Fellini” integra o projeto CineSesc, iniciativa do Sesc RJ que promove a circulação, difusão e o acesso do público a produções cinematográficas nacionais e internacionais. As obras são apresentadas nas salas de audiovisual das unidades do Sesc RJ, incentivando a fruição e o bate-papo em torno do cinema brasileiro e internacional, comercial ou independente, em um eixo educativo, artístico e cultural. As sessões são gratuitas.

Serviço

Mostra Mondo Fellini - Projeto Cinesesc

  • Sesc Nogueira: Estrada do Calembe, 2.000

Sessões: 16h16
Os boas vidas: 3/3
Oito e meio: 10/3
A voz da lua: 17/3
A doce vida:  24/3
Julieta dos Espíritos: 31/3

  • Sesc Quitandinha: Avenida Joaquim Rolla 2

Sessões: 15h
Os boas vidas: 1/3
Oito e meio: 8/3
A voz da lua: 15/3
A doce vida:  22/3
Julieta dos Espíritos: 29/3
Grátis
Veja a classificação indicativa

Sinopses

A doce vida
Situado em Roma, o filme acompanha Marcello Rubini, um jornalista especializado em histórias sensacionalistas, mas que sonha em ser um escritor sério. Ele passa a cobrir a visita de uma atriz hollywoodiana, Sylvia, por quem fica fascinado. Direção de Federico Fellini. Comédia/Drama. 174 min. Itália/França. 1960. 14 anos.

A Voz Da Lua
“A voz da Lua” é o último filme de ficção dirigido por Fellini e revela as divagações do lunático Ivo Salvini por meio de uma atmosfera de sonho e fantasia característica do cineasta. Direção de Federico Fellini. Comédia/Drama. 120 min. Itália/França. 1990. 14 anos.

Julieta Dos Espíritos
Visões, memórias e misticismo ajudam Giulietta a encontrar forças para abandonar o seu marido infiel. Direção de Federico Fellini. Comédia/Drama/Fantasia. 137 min. Itália/França. 1965. 14 anos.

Oito e meio
Um diretor de cinema em crise se volta para as suas memórias e fantasias em busca de inspiração. Direção de Federico Fellini. Drama. 138 min. Itália/França. 1963. 14 anos.

Os boas vidas
Um estudo de personagens que passam por um momento crucial de suas vidas numa pequena cidade na Itália. Direção de Federico Fellini. Comédia/Drama. 109 min. Itália/França. 1953. 12 anos.



Gostou? Compartilhe!

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis