Foto: Divulgação

O prefeito de Petrópolis Bernardo Rossi assinou termo de compromisso com o Hospital Santa Teresa (HST), nesta quinta-feira (16.04), garantindo sete leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para atendimento de pacientes confirmados com coronavirus. Os novos espaços vão colaborar no crescimento de vagas em caso de necessidade e superlotação de outras unidades de saúde na cidade.

Também neste sentido, a prefeitura de Petrópolis fechou um importante convênio com o Hospital SMH, no bairro Valparaíso. Segundo o acordo, vinte leitos da unidade ficarão à disposição do município para casos confirmados de COVID-19. São dez leitos clínicos e dez de UTI.

No Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE), local de referência no atendimento da doença, são 82 leitos específicos para o tratamento dos pacientes que tiverem diagnostico positivo para o coronavirus. No local serão, ao todo, 69 leitos clínicos, 10 de UTI e 3 de unidade intermediária.

Em caso de dúvidas sobre sintomas e quando procurar ajuda médica – a prefeitura também disponibilizou dois pontos de apoio específicos para atendimento de casos suspeitos ao lado da UPA Centro e outro em Itaipava – além disso, a população pode ligar para o 192 – SAMU. Fonte/Ascom PMP

Leia também:




Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis