Professor Álvaro Veiga

Oficialmente lançada em 2017, a campanha “Agosto Dourado”, criada pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), tem a proposta de intensificar as ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, frisando a importância vital do leite materno para a saúde dos bebês. Neste cenário, o Centro Universitário Arthur Sá Earp Neto (UNIFASE) tem a alegria de comunicar que está investindo nas obras de instalação do primeiro Banco de Leite Humano público de Petrópolis, no Hospital de Ensino Alcides Carneiro.

 

“O leite materno impacta positivamente a saúde do bebê. Desta forma, justifica-se plenamente a relevância das ações voltadas para a promoção e apoio ao aleitamento materno, ressaltando a importância para o grupo de bebês, que ao nascer apresenta condições de maior risco e se beneficia muito da prática do aleitamento materno para superar este momento de maior fragilidade. Neste contexto, estamos apontando como principal grupo de beneficiários desta ação os prematuros e demais bebês que necessitam receber assistência em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Este ano, de forma muito especial, comemoramos o início das obras para implantação do Banco de Leite Humano no HEAC, uma necessidade que vem ao encontro da grande demanda de leite para os bebês, identificada pela equipe de saúde que desempenha as atividades na área da Neonatologia”, destaca o médico e professor Álvaro Veiga, Diretor de Ensino do SEHAC (Serviço Social Autônomo Alcides Carneiro).

 

O Hospital de Ensino Alcides Carneiro é referência na Região Serrana na área materno-infantil e conta com amplas equipes multidisciplinares que oferecem assistência às gestantes e aos recém-nascidos de baixo e alto risco. O hospital dispõe de 10 leitos de Terapia Intensiva Neonatal e 15 leitos de Cuidados Intermediários, para os bebês que necessitam de algum suporte ao nascer.

 

“Por mais que a mãe queira amamentar o recém-nascido no seio, nem sempre é possível, principalmente quando se trata de um prematuro com baixo peso, pois necessita de cuidados intensivos. Devido ao estresse e outras condições associadas, muitas mães não conseguem extrair a quantidade de leite necessária para alimentar inicialmente os bebês, porque o organismo não está recebendo os estímulos hormonais adequados para a produção e a descida do leite. Nestas situações, é necessário contar com a doação de leite materno para oferecer aos nossos pequenos prematuros, que necessitam das melhores práticas, para que possam superar este momento, muitas vezes, tão crítico”, explica o médico.

 

Os recursos financeiros que viabilizam as obras para implantação do Banco de Leite Humano no HEAC vieram da Fundação Octacílio Gualberto, mantenedora do Centro Universitário Arthur SáEarp Neto/ Faculdade de Medicina de Petrópolis (UNIFASE/FMP), em decorrência do novo termo aditivo aos convênios anteriormente firmados entre a direção da Faculdade e a Prefeitura Municipal de Petrópolis. Assim que a obra estiver concluída, será possível pleitear o título de Hospital Amigo da Criança para o HEAC.

 

“Reconhecendo a importância e a essencialidade do aleitamento materno, ato que acarreta benefícios diretos para os bebês, ainda mais quando têm necessidades especiais logo no início de suas vidas, estamos comemorando a implantação do Banco de Leite Humano no Hospital de Ensino Alcides Carneiro. As obras realizadas na unidade hospitalar, ao longo dos anos, reforçam o nosso compromisso de oferecer um ambiente adequado para o desenvolvimento das melhores práticas de ensino, com foco na formação de excelência dos futuros profissionais da saúde, além de beneficiar diretamente a população atendida através do Sistema Único de Saúde”, ressalta Maria Isabel de Sá Earp de Resende Chaves, diretora da UNIFASE.





Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis