O Centro Universitário Arthur Sá Earp Neto, em Petrópolis, abriu o processo de inscrição para os interessados em apresentar suas produções/trabalhos na 26ª edição da Semana Científica da UNIFASE. A comissão do evento fará a apreciação e seleção dos materiais enviados. Este ano, o tema central será Inteligência Artificial: conexões + humanas.


O evento da UNIFASE será realizado no âmbito da 17ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que este ano aborda o tema “Inteligência Artificial: Nova Fronteira da Ciência Brasileira”. A discussão será em torno da capacidade dos sistemas computacionais de interpretar dados e aprender, a partir deles, como atingir tarefas e objetivos específicos, através de adaptação flexível.


“É importante entendermos que esses sistemas da Inteligência Artificial estão cada vez mais presentes na vida do ser humano e, muitas vezes, nem nos damos conta disso. Estão presentes nos aplicativos, mapas de GPS, reconhecimento facial, melhorias na gestão do trânsito, nos jogos e nas mais diversas situações do nosso dia a dia. A IA está na ordem dessas invenções humanas que tem a pretensão de compreender os processos ontológicos, que estão na origem da nossa evolução, e superar nossas limitações, construindo sistemas inteligentes”, explica Gabriel Martins, professor da UNIFASE e um dos organizadores da XXVI Semana Científica da instituição.


Embora aplicada em diferentes campos, o desenvolvimento da Inteligência Artificial não tem evoluído sem controvérsias, pois traz à tona importantes questões ontológicas e éticas. No limite desses debates, refletir sobre a humanidade se tornou comum, afinal, duas perguntas são feitas: a Inteligência Artificial, altamente sofisticada, poderia substituir o ser humano em suas diversas facetas? Como se daria esse processo no mercado de trabalho?


“Existe um intenso debate sobre a aplicação da IA na área profissional, para entender até onde ela pode ser aplicada para ocupar empregos tradicionais e que tipo de intervenções podem ser pensadas sobre esse tema. Por isso, é importante destacar que a Semana Científica está sempre antenada com o que está sendo discutido na área da ciência, da política e pela sociedade em geral”, ressalta o professor Gabriel Martins.


Neste ano, o evento vai contar com a mostra de trabalhos científicos, de práticas educativas inovadoras e de práticas extensionistas. Essa possibilidade de apresentação de diversos tipos de trabalhos também reforça a integração entre os três pilares que formam a estrutura universitária: Ensino, Pesquisa e Extensão.


“A novidade desta edição é a possibilidade de inscrever revisões sistemáticas como uma modalidade de trabalho científico a ser apresentada na Semana Científica. Essa é uma resposta ao impacto que a pandemia do novo Coronavírus tem sobre a pesquisa científica. O interessante deste evento é que ele não tem encerramento em si, pois ganha espaço além da dimensão universitária. No ano passado, um grupo de jovens de um colégio particular de Petrópolis apresentou um trabalho desenvolvido na unidade escolar, voltado para o desenvolvimento da prática de divulgação do esporte feminino. Essa produção teve grande repercussão e, inclusive, vai compor um capítulo do livro ‘Ciências biológicas e da terra: princípios fundamentais’. Essa é uma peculiaridade da Semana Científica da UNIFASE, pois abre espaço para que os estudantes do ensino médio possam trocar experiências, em meio ao ambiente universitário, dentro do movimento científico”, finaliza Martins.


A XXVI Semana Científica da UNIFASE será realizada nos dias 21, 22 e 23 de outubro, a partir das 16h30, e contará com vasta programação, incluindo mesas redondas, palestras e apresentação das produções científicas para debate. Outras informações sobre esta edição do evento, on-line e gratuito, e as inscrições para participar estão disponíveis no site: www.fmpfase.edu.br. O período de inscrição para submissão dos trabalhos será encerrado no dia 07 de setembro. Os interessados em enviar suas produções para análise da comissão devem avaliar os critérios exigidos em cada modalidade, nos editais disponíveis para consulta no site:  www.even3.com.br/scunifasefmp/   

 

Leia também:


A medicina do futuro


UNIFASE Petrópolis amplia Campanha 50+ para Pós-graduação


Médica ressalta a importância de alguns hábitos para quem quer parar de fumar


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis