Doações a partir do IR de pessoa física

 

Valores poderão ser lançados na declaração do IR de 2021
 

 

Pessoas físicas que admiram a Orquestra de Câmara do Palácio Itaboraí – OCPIT dispõem de mais uma forma de contribuir com o trabalho de cidadania e transformação através da música, que há oito anos vem oferecendo formação orquestral, humanista e profissionalizante a mais de 100 adolescentes e jovens da rede pública de ensino de Petrópolis. Por meio da campanha IR que Transforma (irquetransforma.org.br), é possível doar até 6% do imposto de renda devido a pagar ou a restituir, com dedução fiscal de 100% do valor investido, para o projeto sociocultural. 

 

A campanha foi lançada pela Vice-Presidência de Gestão e Desenvolvimento Institucional da Fundação Oswaldo Cruz (VPGDI/Fiocruz), por meio de seu Escritório de Captação de Recursos, com o objetivo de incentivar a participação da sociedade civil no fortalecimento da cultura científica e da cidadania. 

 

Caso a doação aconteça até o dia 20 de dezembro de 2020, o valor doado já poderá ser lançado na declaração do IR de 2021, no campo próprio de “doações efetuadas”, possibilitando o benefício da isenção. O site IR que Transforma traz o passo-a-passo de como doar e calcula o potencial de dedução, usando dados do imposto devido da última declaração entregue à Receita Federal, de forma rápida e fácil. 

 

Em 2020 a OCPIT foi vencedora do Prêmio Maestro Guerra Peixe de Cultura, na categoria “música erudita”. Para conhecer mais sobre a Orquestra de Câmara do Palácio Itaboraí acesse para assistir ao vídeo.


 


 

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis