Museu Casa do Colono / Divulgação

 

Referência da cultura germânica em Petrópolis, o Museu Casa do Colono ganhou seu primeiro levantamento arquitetônico. O trabalho, desenvolvido por um grupo de arquitetas quando ainda eram acadêmicas do curso de Arquitetura e Urbanismo, traz um levantamento das plantas técnicas e de implantação e das fachadas do Museu. Os documentos foram recebidos pelo prefeito interino Hingo Hammes nesta quarta-feira (10/02).

 

O levantamento foi feito pelos profissionais na época que ainda eram acadêmicos do curso de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Estácio de Sá. "Diante da ausência de registros técnicos acerca da edificação, decidimos fazer a doação das informações levantadas para o Museu", explicou Karina Souza, de 24 anos, hoje arquiteta. "Por conta da pandemia, só conseguimos fazer a doação agora, depois de formadas", contou.

 

O trabalho foi desenvolvido na disciplina de Técnicas Retrospectivas, ministrada pelo professor Luís Felipe Spangenberg. “É uma matéria que precisa ser aprendida na prática e que busca preparar os alunos para lidar com o patrimônio, assunto que é muito importante para a nossa cidade. Foi um trabalho muito bem desenvolvido por esse grupo de alunas e que vai contribuir imensamente com a história de Petrópolis”, disse o professor.

 

Prefeito interino com representantes


O diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes, Leandro Kronemberguer, destacou a parceria entre o poder público e a iniciativa privada. “É muito importante para incentivar o diálogo entre as universidades, a prefeitura, Órgãos de Preservação e a própria Instituição Museológica para o cumprimento de fato da sua função social como lugar de memória, comunicação, pesquisa, educação e entretenimento”, pontuou.

 

O Museu Casa do Colono fica na Rua Cristóvão Colombo, 1.034, na Castelânea. O atrativo fica aberto de terça a domingo, das 8h30 às 16h. O telefone de contato é: (24) 2247-3715 e o e-mail: casadocolonomuseus@gmail.com.

(Edição: 10/02/2021)

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem