Campanha será ampliada nos próximos dias para idosos a partir de 90 anos

 

O prefeito interino Hingo Hammes e o secretário municipal de Saúde, Aloisio Barbosa, acompanharam nesta quarta-feira (10) o início da vacinação de idosos a partir dos 95 anos contra o coronavírus. As equipes da Secretaria Municipal de Saúde estão trabalhando em dois pontos fixos montados no campus da Universidade Católica de Petrópolis (UCP) na Rua Benjamin Constant, no Centro, e no Parque Municipal, em Itaipava. Os dois pontos de vacinação, que também funcionam no sistema drive thru, ficam abertos das 9h às 16h. O atendimento exclusivo deste público será feito até sábado (13).

 

A ampliação da campanha de vacinação contra a covid-19 foi possível com a confirmação da chegada de novas remessas da vacina. "Estamos na expectativa de receber mais de 2,6 mil doses da vacina nesta semana. Isso permitiu que fizéssemos um planejamento para ampliar a vacinação. Já iniciamos a vacinação de idosos a partir de 95 anos, vamos iniciar nesta quinta-feira (11) a vacinação de idosos acamados, que não se locomovem, e estamos nos preparando para iniciar o atendimento de pessoas de 90 a 95 anos. Esta nova etapa será iniciada assim que as novas doses chegarem à cidade", detalhou o prefeito interino.

 

O secretário municipal de Saúde, Aloisio Barbosa, lembrou que o movimento, neste primeiro dia, foi maior pela manhã, logo que a campanha começou. “É importante frisar que as equipes permanecerão nos pontos de vacinação até as 16h. Nesta quarta-feira verificamos fila no início do dia, mas a procura foi pequena no restante do dia”, enfatizou.

 

Ele explicou também que o agendamento pelo site ajuda a evitar aglomerações, mas quem não conseguir fazer o agendamento pode se dirigir diretamente para receber a vacina. “Mesmo aqueles que não tiverem feito o agendamento podem ir aos postos. Basta apresentar identidade, comprovante de residência e carteira de vacina”, ressaltou.

 

 Aos 99 anos, Leoni Willon da Silva, de 99 anos, foi uma das primeiras a tomar a vacina no Centro. “Estou bem, com saúde, e quero continuar assim”, afirmou. Mercedes de Carvalho Magalhães, 96 anos, também aproveitou o primeiro dia para garantir a primeira dose da vacina em Itaipava. “Estou animada. Não quero morrer, não. A vacina me dá um novo ânimo”, contou.

 

(Edição: 10/02/2021)

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem