Incentivo a solidariedade

Em tempos de pandemia surgem novas experiências de trabalho remoto


Adaptando-se aos tempos de pandemia, a Apae Petrópolis  abre uma nova categoria de voluntariado: com atuação remota.  A instituição abre vagas para quem quiser voluntariar-se nos setores de assessoria jurídica e nutrição, já possuindo atuação de voluntários que trabalham no auxílio dos serviços de gestão das mídias sociais. A prática é possibilitada através de recursos tecnológicos e ferramentas gratuitas de trabalho à distância, disponíveis na internet. Os interessados podem entrar em contato através do e-mail petropolis@apaerj.org.br, pelos telefones (24) 2237-6018 / 2231-7385, ou WhattsApp (24)98843-5072.

 

“A pandemia trouxe essa necessidade de adaptação às novas realidades, entre elas novas modalidades de trabalho como o serviço remoto e a inserção plena em recursos tecnológicos por parte da equipe. A chegada de voluntários remotos foi fundamental para divulgarmos nossas ações de marketing nas redes sociais e nos mantermos conectados com o nosso público”, explica Alessandra Oliveira, coordenadora da Apae Petrópolis.

 

Luiza Lago, 22 anos, é estudante de administração empresarial e mora em Florianópolis /SC. Ela é uma das voluntárias que atua no voluntariado remoto e chegou à instituição por meio da empresa parceira da Apae, a Engie Brasil. “A APAE é minha primeira experiência de voluntariado. Fiquei sabendo do programa de voluntariado da Engie e pensei que poderia utilizar esse tempo a mais proporcionado pelo home office para ser voluntária em alguma instituição. Fiquei muito feliz de ser selecionada e recebida com tanto carinho pela equipe!”, conta Luiza.  

 

A modalidade de trabalho remoto é possibilitada graças às ferramentas como o Trello, grupos no WhatsApp e recursos de agendamento de posts do Facebook, todas encontradas de forma gratuita na internet. “Essas ferramentas são fundamentais para a realização do nosso trabalho, a interação da equipe e a organização das demandas. Com elas é possível realizar ações eficazes da mesma maneira que em um time presencial, além de proporcionar mais conforto aos voluntários, que podem realizar suas tarefas de onde desejar”, destaca Mariana Bastos, responsável pela comunicação e marketing da Apae Petrópolis. 

 

“O trabalho remoto me permitiu ter mais qualidade de vida, pois eu passava muito tempo em trânsito entre casa-faculdade-estágio. É muito bom poder dedicar mais tempo em outras atividades, como o voluntariado na Apae, na prática de exercícios físicos ou simplesmente dormir um pouquinho mais”, continua Luiza, que também aprova a relação de trabalho com as ferramentas tecnológicas.

 

Entre os que já passaram pela equipe de voluntários remotos, está João Miguel dos Santos, 18 anos, estudante.  Ele também conta como foi sua experiência. “Abriu minha mente e me fez conhecer um pouco dessa instituição que muita das vezes é marcada por estereótipos errados. A direção e os profissionais que trabalham lá são muito competentes e me deixaram bem confortável e familiarizado com o ambiente. Embora eu não os tenha conhecido pessoalmente, vi pelo trabalho realizado, a dedicação e o amor em cada atividade! Trabalhar na Apae foi sem sombra de dúvidas algo marcante para mim! Aprendi muitas coisas que eu não sabia e me ajudou no meu conhecimento de mundo! Foi incrível!”, conta.

 

Outras vagas ainda estão abertas e aguardam novos voluntários, como assessoria jurídica e nutrição. Os interessados podem entrar em contato através do e-mail petropolis@apaerj.org.br , pelos telefones (24) 2237-6018 /  2231-7385 ou WhattsApp (24)98843-5072.

 

“Acreditamos que esta pode ser uma prática para servir de exemplo para outras instituições e incentivo ao trabalho voluntário em nossa cidade”, finaliza Souvenir Barros, gerente administrativa da Apae Petrópolis.

 

(Edição: 10/03/2021)

 

 

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis