Teatro, música, exposições virtuais, espetáculos infantis e muito mais estão acontecendo na cena cultural pelas comemorações ao Dia Internacional da Mulher (8) em Petrópolis. Projetos contemplados pelo edital da Lei Aldir Blanc, executado pela prefeitura, estão sendo desenvolvidos no mês de março e falam de temáticas relacionadas à data, como as conquistas das mulheres nas últimas décadas.

 

"Pudemos perceber, com os projetos contemplados pela Lei Aldir Blanc em Petrópolis, a grande presença das mulheres em todas as posições dentro das iniciativas culturais, tanto no protagonismo artístico dos espetáculos como na elaboração e dinamização das ações", destaca o prefeito interino Hingo Hammes.

 

(Edição: 04/03/2021)

A produtora cultural e atriz Simone Gonçalves prepara, para este mês, o projeto Mulheres, um dos contemplados pela Lei Aldir Blanc. Trata-se de uma leitura dramatizada que será criada a partir de depoimento de mulheres reais do cotidiano da cidade.

 

Elas serão entrevistadas pela produção, que transformará histórias reais em dramaturgia e, em seguida, em texto de teatro que será lido pelas atrizes petropolitanas Simone Gonçalves, Joice Marino, Cleonice Fernandes e Nicole Pinheiro. Vai ao ar nas páginas sociais do Grupo Teatral Povo do Cafundó durante o mês de março.

 

"O público terá acesso a espetáculos e ações culturais desenvolvidas ou protagonizadas por artistas mulheres atuantes na cidade. Isso prova a força das mulheres na área cultural, conquistando cada vez mais espaços e sendo referências para as futuras gerações", explica o presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), Leandro Kronemberger.

 

Também pelo mês da mulher, o projeto Eu Vou Expor Ela: Mostra Virtual de Mulheres Artistas, preparado em ambiente da internet pelo coletivo Avanda, está sendo preparado. Trata-se de uma exposição virtual de artes visuais voltada para o crescimento e visibilidade de artistas mulheres. Como explica uma das proponentes, Gaya Lamin Carneiro da Costa, “mulheres no sentido amplo de todos os gêneros que se identificam com o feminino”.

 

Outro festival que tem agitado a cena artística feminina em Petrópolis e que também conta com transmissão totalmente on-line é o projeto Encontra, patrocinado pela Lei Aldir Blanc através da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo Estadual do Rio de Janeiro.

 

Dedicado a divulgar e valorizar a produção artística de mulheres atuantes na cidade de Petrópolis, o projeto ENCONTRA vai oferecer uma programação gratuita online de artes integradas, com música, teatro, circo, artes visuais, audiovisual e poesia. Gravado no Teatro Café Concerto do Sesc Quitandinha, o evento vai ao ar nos dias 6 e 7 de março, no Youtube bit.ly/encontra2021, a partir das 17h.

 

Entre as artistas petropolitanas envolvidas, o projeto conta com nomes como Renata Alves, Rose Assis, Luiza Alves, Regina Guimarães, Mabi Ferreira, Kika Notini, Mayara Ferreira, Brenda Lima, Aline Castella, Rane Bessa, Mariana Medeiros, entre outras.  Outras informações da programação do Projeto Encontra, no Instagram com o mesmo nome.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem
 https://www.unimed.coop.br/web/petropolis