O prefeito interino de Petrópolis Hingo Hammes decretou, na manhã desta sexta-feira (07), luto oficial de três dias no município, pela morte do padre Francisco Montemezzo, pároco emérito do Alto da Serra. Aos 83 anos, ele estava internado no Hospital Sociedade Médica Hospitalar - SMH, no Valparaíso.

 

“Padre Francisco sempre foi um grande líder religioso. Ele marcou a história da nossa cidade com sua importante atuação no desenvolvimento social das comunidades. Figura carismática, sua dedicação e fé nunca serão esquecidas”, disse Hingo Hammes.

 

Nascido na Itália, FranciscoMontemezzo foi ordenado padre em julho de 1962. Veio para o Brasil, em 1975 e, desde então, esteve atuando em Petrópolis. Inicialmente, se dedicava a Paróquia São José do Itamarati, na Diocese de Petrópolis. Nesta paróquia realizou diversos trabalhos, como a catequese, a formação dos jovens e formação de grupos para rezar na casa das pessoas, aproveitando sempre a Campanha da Fraternidade e a Novena de Natal.

 

Em 1984, a pedido do então bispo da Diocese de Petrópolis, Dom Manoel Pedro da Cunha Cintra, Padre Francisco assumiu a Paróquia Santo Antônio do Alto da Serra, onde permaneceu por mais de 30 anos. Em outubro de 2015, foi nomeado Pároco Emérito da Paróquia Santo Antônio do Alto da Serra e Vigário da Paróquia Nossa Senhora do Amor Divino. Indo residir no Seminário Diocesano Nossa Senhora do Amor Divino.

 

Paralelo ao seu trabalho como pároco, desde sua chegada a Diocese de Petrópolis, foi confessor e diretor espiritual no Seminário Diocesano. Desta forma, ao longo destes 45 anos contribuiu de forma direta na formação dos sacerdotes diocesanos. Nos últimos anos, pela convivência diária, os seminaristas tiveram a oportunidade, não apenas de ouvir suas histórias e ver sua atenção ao povo de Deus, mas de testemunhar sua espiritualidade, seu cuidado com o celebrar e seu amor a Virgem Maria.

Post a Comment

Gostou da matéria? Deixe seu comentário ou sugestão.

Postagem Anterior Próxima Postagem